Entretenimento, Cultura e Lazer

5 dicas para fazer uma salada deliciosa

Há quem não suporte nem ouvir a palavra “salada” perto das refeições que já vira o rosto e faz cara feia, entretanto, sabe-se que comer os alimentos normalmente presentes nas saladas com regularidade é importante e essencial para conquistar uma vida saudável e balanceada. 

Porém, ao contrário do que algumas pessoas pensam, a salada – embora possa não parecer ser tão atrativa quanto uma coxinha seria a primeira vista, por exemplo – pode ser muito gostosa, se for bem preparada.  

Bem preparada? Isso mesmo! Embora fazer uma salada possa parecer a coisa mais simples do mundo, não é. Não é difícil, mas a verdade é que ela tem seus truques e técnicas para que se torne uma refeição equilibrada, rica, saudável e, obviamente, gostosa.  

Para qualquer salada que você faça, siga estas etapas e dicas simples. Certamente elas serão muito úteis: 

1 – Escolha as melhores folhas verdes 

Há uma enorme variedade de vegetais de folhas verdes que podem acompanhar saladas, desde a alface tradicional até o espinafre. O ideal é lavá-los previamente com água em abundância e drená-los ao máximo, e, claro seguir as suas preferências. 

Se você usar folhas verdes bastante molhadas, poderá estragar o sabor e a textura. Muito líquido pode afetar o sabor poderoso desses ingredientes, e tirar a crocância de alguns dos itens. 

 Há quem nunca nem tenha provado todas as folhas que existem como opções, por isso, que tal testar novidades e abrir o seu leque de possibilidades? 

2 – Tenha cuidado com a montagem 

Os ingredientes pequenos (como nozes) sempre devem estar no topo. Você deve ter cuidado ao misturar os ingredientes, pois os últimos a serem utilizados podem estar no fundo do recipiente, e a salada não ficar tão bem misturada. 

Se você não quer que isso aconteça, esta é a melhor recomendação: reserve parte dos ingredientes menores e incorpore-os após os maiores. Desta forma, eles estarão visíveis e presentes durante toda a salada. 

3 – O ponto é o equilíbrio 

Tente não misturar vários ingredientes que tenham um sabor muito forte, porque, além de se cancelarem, eles tornarão a salada muito pesada para provar. Você pode combinar frutas doces com legumes e verduras e, assim, terá uma excelente combinação de sabores. 

++ Conheça 5 alimentos que ajudam a evitar a formação de pedras nos rins

Além de incorporar outros alimentos como peru, frango e presunto, no caso de carnes; ou salmão fumado, tilápia ou camarão. 

4 – Misture os sabores 

Também é vital que os sabores se encaixem na salada e que haja alguns leves e outros mais fortes. 

Você pode combinar ervas aromáticas com queijos macios ou frutas ácidas, como laranja, com outros sabores, como frutas secas ou tomate. O contraste, se bem combinado, pode levar a saladas nutritivas e perfeitas. 

5 – A importância da aparência  

Que a salada seja rica e nutricionalmente completa é importante, mas também é importante que sua aparência seja atraente. 

A regra fundamental para vestir qualquer salada é misturar todos os componentes separadamente antes de aplicá-los ao prato. 

Procure molhos de acordo com os ingredientes da sua salada e não hesite em experimentar. Além do clássico “óleo, sal e vinagre”, experimente mostarda, pimenta, mel ou outras ervas aromáticas. 

É importante lembrar que as informações aqui passadas têm caráter informativo, e não substituem o aconselhamento e acompanhamentos de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas.   

Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do JETSS.