Entretenimento, Cultura e Lazer

Câncer de pele: O que é, os sinais e como se proteger

O câncer de pele é muito comum no Brasil, com 180 mil novos casos por ano. Para combatê-lo é de extrema importância o diagnóstico precoce, isto é, logo no início da doença, sendo fundamental para a eficácia do tratamento.

++ Conheça 15 alimentos que que devem ser evitados para prevenir o câncer

O que é?
O câncer de pele é provocado por um crescimento anormal das células da pele, podendo se manifestar através de sinais superfícies no nosso tecido.

Como se proteger?
A exposição excessiva ao sol e sem proteção é o principal causador do câncer de pele. Por isso, protetores e filtros solares são necessários sempre que houver exposição ao sol, seja na piscina, na praia, no parque e até mesmo no dia a dia, ao andar na rua. Chapéus e bonés também são ótimos aliados contra os raios solares e não se engane com dias nublados, pois mesmo neles existe incidência do sol. Se hidratar e evitar horários de maior incidência solar, entre nove da manhã e três da tarde, também são fundamentais para a prevenção.

Avisos da pele
É preciso ficar de olho em sua pele: atente-se a pintas e manchas escuras ou acastanhadas. Nódulos vermelhos, sinais brilhosos ou feridas não cicatrizadas também podem ser um indicativo. Pintas que crescem com o tempo são outro indicativo de câncer. É necessário fazer exames com regularidade, passando sempre com um dermatologista!

Diversos tipos
Existem muitos tipos de câncer de pele, como os carcinoma basocelular, carcinoma espinocelular e o melanoma. O melanoma é o mais perigoso. Para identificar qual o tipo de câncer é necessário exames de um dermatologista.

Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do JETSS