Entretenimento, Cultura e Lazer

Burnout: entenda a Síndrome do Esgotamento Profissional e saiba como evitar

Trabalho não é para ser sinônimo de sofrimento, nem para diminuir sua saúde mental ou prejudicar sua vida pessoal. Quando o trabalho começa a ser um sofrimento em sua vida e a interferir diretamente em sua saúde é momento de reavaliar a situação e buscar ajuda. Atualmente, o burnout se tornou uma constante na população mundial, afetando muitos brasileiros: o burnout é o nome mais comum da Síndrome do esgotamento profissional, um distúrbio psíquico que está relacionado ao emprego ou desemprego, sendo registrado como doença nos anos 70.

A síndrome é um aglomerado de fatores que causam um estado de estresse e tensão por causa do trabalho, reunindo elementos psicológicos, físicos e emocionais e um desgaste do indivíduo em todos essas frentes.

++ 15 motivos para começar a fazer Yoga agora mesmo

Sintomas
Entre os principais sintomas do burnout estão:
– esgotamento físico e emocional
– estafa
– agressividade
– mudanças frequentes de humor e insônia
– ansiedade
– depressão
– baixa autoestima e pessimismo
– enxaqueca e dores de cabeça frequentes
– pressão alta e gastrite

O que fazer?
É muito importante procurar um profissional da psicologia e psiquiatria, pois somente eles serão capazes de identificar o melhor tipo de tratamento para cada caso, além de terapia, seja ela comportamental, cognitiva ou análise. Muitos tratamentos incluem o uso de medicamentos, além de outras atividades auxiliares para melhorar a vida do paciente.

Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do JETSS