Entretenimento, Cultura e Lazer

As dicas de um astronauta da NASA para lidar com confinamentos e isolamentos

Scott Kelly é um astronauta da NASA que entre 2015 e 2016 passou 340 dias no espaço. O norte-americano, hoje aposentado, participou da One Year Mission e se tornou a pessoa a ficar mais tempo dentro da International Station Space (“Estação Espacial Internacional”).

++ Em casa: Aprenda posições de Yoga para reduzir a ansiedade

Neste mês, Scott concedeu uma entrevista ao “The New York Times”, e compartilhou algumas das coisas que aprendeu durante o ano isolado e que podem ajudar a população nesse momento de quarentena por conta do coronavírus.

Confira as dicas de Scott Kelly:

1. Planeje seu dia

Na Estação Espacial Internacional, Scott planejava desde atividades de cinco minutos até caminhadas espaciais de 8 horas. Quando Scott voltou à Terra, sentiu falta de manter hábitos organizados. O astronauta destacou a importância de se organizar “para conseguir se adaptar a um ambiente diferente de trabalho e a vida doméstica”.

2. Aproveite a tecnologia para se conectar com os outros

Para amenizar os efeitos da distância, Scott aconselha as pessoas a usarem a internet para manter contato como os amigos e familiares. “Mesmo com todas as responsabilidades de servir como comandante de uma estação espacial, nunca perdi a chance de fazer uma videoconferência com a família e os amigos”, conta o profissional.

3. Se puder, mantenha contato com a natureza

“Depois de ficar confinado em um espaço pequeno por meses, comecei a almejar a natureza – a cor verde, o cheiro de sujeira fresca e a sensação de sol quente no rosto”, disse. Se você mora em uma região cercada por natureza, aproveite essa conexão, mas não se esqueça de manter pelo menos um metro de distância das outras pessoas. Se mora longe dela, não deixe de apreciar o céu, mesmo que pela janela ou aproveite para cuidar daquela planta ou flor que tem na varanda da sua casa ou no seu quarto.

4. Mantenha um hobby

Kelly leu muito durante os dias no espaço. “Algumas pessoas ficam surpresas ao saber que eu trouxe livros comigo para o espaço. O silêncio e a absorção que você pode encontrar em um livro físico – que não envia notificações ou o tenta abrir uma nova guia – não tem preço”, revelou para o The New York Times.

5. Faça um diário

Quando voltou à Terra, Scott publicou um livro sobre os seus dias no espaço. Mas, a maior parte das experiências contadas foram escritas ainda durante a viagem. “A NASA estuda os efeitos do isolamento nos seres humanos há décadas, e uma descoberta surpreendente que eles fizeram é o valor de manter um diário”, explica ao falar sobre o hábito que manteve de escrever todos os dias. Se você não sabe o que colocar no papel, comece falando sobre como o que está sentindo, o que fez no seu dia, o que sonhou na última noite ou o que aprendeu de novo.

Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do JETSS