Entretenimento, Cultura e Lazer

Carnaval: 12 ‘fantasias’ que não deveriam ser fantasias

Escolher uma fantasia bacana para curtir o Carnaval é muito divertido, o que não tem graça nenhuma é não ter consciência na hora de escolher a fantasia.

++ 15 dicas para curtir o Carnaval em segurança e sem dor de cabeça

Algumas ‘fantasias’ nem deveriam ser chamadas de fantasia. Isso porque agridem e zombam de determinadas pessoas. Essas roupas trazem um sentido pejorativo sobre alguma raça ou cultura, e refletem um preconceito que é estrutural na sociedade.

Um bom exemplo disso é fantasiar-se de “Nega Maluca” ou black face, que representa o racismo em todas as suas formas. O mesmo acontece com quem acha que Índio ou qualquer outro símbolo religioso ou cultural é fantasia. Você se apropria de uma cultura que, na maioria das vezes, não é sua e não representa nada para você além de uma roupa, que você julga engraçada.

Pior do que tudo isso, é usar o sofrimento de alguém como fantasia, como as máscaras do Fábio Assunção ou a fantasia de Anne Frank.

Na galeria de fotos preparamos uma lista com 12 fantasias que não deveriam ser consideradas fantasias, confira.

Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do JETSS