Entretenimento, Cultura e Lazer

CASACOR Minas Gerais é adiada para ano que vem

A próxima edição, que ocorreria entre os meses de agosto e outubro deste ano, no Palácio das Mangabeiras, será transferida para o primeiro semestre de 2021, no mesmo local. (Foto: Divulgação)
A próxima edição, que ocorreria entre os meses de agosto e outubro deste ano, no Palácio das Mangabeiras, será transferida para o primeiro semestre de 2021, no mesmo local. (Foto: Divulgação)

Principal mostra de arquitetura, design de interiores e paisagismo do estado, a CASACOR Minas Gerais investe atualmente no planejamento e readequação no formato da próxima edição na capital mineira. A intenção dos organizadores é promover a mostra num momento seguro para que todos possam usufruir de sua programação com segurança.

Por conta disso, a próxima edição, que ocorreria entre os meses de agosto e outubro deste ano, no Palácio das Mangabeiras, será transferida para o primeiro semestre de 2021, no mesmo local.

Confira o comunicado oficial sobre o adiamento da 26ª edição da CASACOR Minas:

Com mais de 25 anos de atuação em Minas Gerais e extensa contribuição não apenas aos segmentos de arquitetura, construção civil, design de interiores e paisagismo, a CASACOR Minas se consolidou como uma importante plataforma que movimenta diversas áreas e profissionais em torno do objetivo de promover o conceito de morar na contemporaneidade.

Desde o início deste momento, a direção e equipe da CASACOR Minas, tem acompanhado de perto o desenvolvimento e os desdobramentos da atual pandemia da COVID-19. Engajada no esforço mundial voltado para minimizar os impactos sobre a saúde das pessoas, tanto a CASACOR Minas como as outras franquias do grupo vêm pautando suas ações em harmonia com as diretrizes dos órgãos oficiais de saúde nacionais e internacionais, como a Organização Mundial da Saúde.

Neste cenário, os diretores da mostra, Eduardo Faleiro e Juliana Grillo, se viram obrigados a tomar a difícil decisão de adiar para o próximo ano a realização de evento, no formato original até então praticado, que estava programado e anunciado para ocorrer entre os meses de agosto e outubro, no Palácio das Mangabeiras. A direção reconhece todos os esforços e apoios recebidos e lamenta os eventuais transtornos e frustrações que essa decisão possa vir a causar aos parceiros, fornecedores, colaboradores, ao público e a toda a cadeia produtiva envolvida na execução do evento.

“Várias análises de cenários e consultas a instituições da área de saúde foram levados em consideração para esta decisão. No entanto, por mais que desejássemos o contrário, tais ponderações nos mostraram que não seria possível a realização do evento sem que fosse colocada em risco a integridade física dos envolvidos, incluindo aí o numeroso público que costumamos receber anualmente”, destaca Juliana Grillo, diretora da CASACOR Minas.

No entanto, a equipe segue trabalhando de forma segura, em esquema de home-office, preparando a próxima edição especial de CASACOR Minas Gerais, num formato inédito, que apresentará uma reflexão sobre a casa pós-pandemia sob a ótica da arquitetura, do urbanismo e da decoração. Estamos otimistas que conseguiremos mobilizar os melhores profissionais do mercado nesta iniciativa disruptiva. Mais detalhes sobre este novo projeto serão apresentados em breve.

“É momento de rever alguns conceitos como flexibilidade dos espaços, iluminação e ventilação natural, uma nova relação com o trabalho e com a intimidade. São reflexões que partem deste momento em que nunca tivemos tanta proximidade com nossa casa, além da tecnologia cada vez mais como nossa aliada a nos aproximar dos amigos, familiares, prazeres, lazer e, por que não, da espiritualidade”, destaca Eduardo Faleiro, Diretor executivo da CASACOR Minas.

As datas da próxima edição da CASACOR Minas bem como as informações a cerca de sua realização serão anunciadas posteriormente.

Não deixe de curtir nossa página  no Facebook  e também no Instagram para mais notícias do JETSS