Entretenimento, Cultura e Lazer

Quarto montessoriano para bebês: entenda o método e seus benefícios

O Método Montessori é o resultado de pesquisas científicas e empíricas desenvolvidos pela médica e pedagoga italiana Maria Montessori, por volta de 1907. O objetivo do quarto montessoriano é oferecer um lugar com móveis e objetos na altura dos olhos dos bebês e das crianças para que elas possam desenvolver a sua autonomia e liberdade com segurança oferecendo respeito pelo desenvolvimento natural das habilidades físicas, sociais e psicológicas.

De acordo com sua criadora, o ponto mais importante do método é, não tanto seu material ou sua prática, mas a possibilidade criada pela utilização deste, de se libertar a verdadeira natureza do indivíduo, para que esta possa ser observada, compreendida, e para que a educação se desenvolva com base na evolução da criança e do bebê.

O material criado por Montessori tem papel preponderante no seu trabalho educativo partindo do concreto (o material didático) para o pensamento abstrato. A criança literalmente vê e sente através do material didático preparado, o tema a ser aprendido. A criança deixa de usar o material didático quando a abstração para o tema aprendido já é completa. O meio preparado e o material didático tem como função, estimular e desenvolver na criança um impulso interior que se manifesta no trabalho espontâneo do intelecto.

É um um quarto (ou ambiente) para bebês, e não para adultos. Por isso, ao invés de camas altas, colchões no chão oferecem maior liberdade para os pequenos, que podem deitar e levantar quando quiserem. Os brinquedos devem estar dispostos de forma que a criança possa pegá-los à vontade. Para despertar o interesse e não gerar monotonia, especialistas indicam que eles sejam oferecidos em esquema de rodízio e trocados há cada 15 dias.

Outros elementos importantes na composição do ambiente montessoriano:

Espelho | Para que seu filho possa se reconhecer. Ele deve ser colado em uma placa de MDF ou madeira e preso à parede para evitar que, se quebrar, os pedaços se soltem e machuquem a criança.

Barra afixada na parede | O objetivo é facilitar que a criança fique em pé e comece a andar.

Tapete | Para proporcionar experiências sensoriais para os bebês e delimitar o espaço de brincadeiras para os maiores.

Armário baixo | Armazene neste espaço poucas opções de roupas para que a criança possa escolher com facilidade.

SEGURANÇA

Em um ambiente com elementos ao alcance da criança, a principal preocupação dos pais é com a segurança que devem estar alertos para as precauções que devem ser tomadas:

– Evite móveis ou outros elementos com quinas.

– Não use quadros com vidros. Prefira acrílico.

– Fixe os objetos na parede com fita dupla face. Evite o uso de pregos.

– Tome cuidado com móveis instáveis que possam tombar.

– Esconda e proteja as tomadas.