Em 2013, Maya sofreu um acidente no mesmo lugar que surfou a maior onda, tentando quebrar esse mesmo recorde. Ela caiu de cabeça do topo da onda e foi retirada inconsciente por jet-ski, precisando ser reanimada. A atleta só voltou a surfar ondas grandes em 2016.

A primeira surfista mulher a entrar para o livro dos recordes, usou seu Instagram para comemorar o feito: “Sonho realizado! Obrigada a vcs que me apoiaram, assinaram compartilharam ! Juntos somos fortes”, escreveu.

Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do JETSS