Entretenimento, Cultura e Lazer

F1 volta atrás e anuncia volta das Grid Girls em Mônaco

 

O presidente do Automóvel Clube de Mônaco (ACM), Michel Boeri anunciou nesta quinta-feira (05) que modelos carregarão as placas dos pilotos no grid de largada do GP de Mônaco. Será a exceção no calendário da temporada 2018 da Fórmula 1, já que o Liberty Media, grupo americano que assumiu o controle da categoria, resolveu abolir as “grid girls” nas demais corridas da temporada.

++ Pole dance: É ou não reconhecido como esporte?

De acordo com Michel Boeri, a corrida no Principado tem autonomia em sua organização por não pagar taxa ao Liberty Media, grupo que controla a categoria e por isso as Grid girls estariam liberadas no grid de largada do GP de Mônaco que acontece no próximo domingo (08). No começo deste ano, em comunicado oficial, o representante da Liberty Media, declarou que “Embora a prática de empregar grid girlstenha sido parte dos Grands Prix de Fórmula 1 por décadas, sentimos que esse costume não combina com nossos valores como marca e claramente está em desacordo com as normas sociais dos dias modernos. Nós não acreditamos que essa prática seja apropriada ou relevante para a Fórmula 1 e seus fãs, velhos e novos, pelo mundo afora.”

A organização do GP de Mônaco havia abolido as grid girls, em 2015, e no lugar colocou homens para segurar as placas dos pilotos, gerando críticas e revolta das modelos. Em 2018, crianças vêm sendo escolhidas para exibir as placas nos grids.

Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do JETSS