More

    Simony nega acusação de agredir funcionária da Delta Air Lines nos EUA

    Data:

    A cantora Simony se encontra em meio a uma disputa judicial com a companhia aérea Delta Air Lines, após ter sido impedida de embarcar em um voo de Orlando, na Flórida, para o Brasil em fevereiro deste ano. A empresa a acusa de agredir uma funcionária durante o incidente, alegação que Simony nega veementemente e classifica como difamação.

    ++Adriane Galisteu revela qual foi o primeiro famoso que indicou para nova temporada de “A Fazenda”

    No processo movido pela Delta Air Lines, a empresa afirma que Simony se recusou a seguir as instruções de uma comissária de bordo sobre como organizar seus medicamentos na bagagem de mão, e que, em um momento de fúria, teria agredido fisicamente a funcionária, segurando seu braço. A companhia aérea alega que a atitude da cantora gerou perturbação e que, por temer pela segurança da funcionária, acionou a polícia do aeroporto.

    ++Deborah Secco aconselha seguidores a não terem medo da mudança

    Em sua defesa, Simony rebate as acusações da Delta Air Lines e afirma que jamais agrediu ninguém. A cantora explica que estava em tratamento contra o câncer e que precisava levar consigo medicamentos de uso contínuo, razão pela qual a mala de mão continha mais itens do que o permitido pela companhia aérea.

    Simony ainda ressalta que, no momento do incidente, encontrava-se em uma cadeira de rodas por exigência da própria empresa, o que torna ainda mais improvável a versão de agressão. A defesa da cantora também contesta a alegação de perturbação, afirmando que Simony se manteve calma e educada durante todo o tempo.

    Confiante em sua inocência, Simony e sua equipe jurídica pedem à Justiça que analise as imagens das câmeras de segurança do aeroporto de Orlando, que, segundo a cantora, comprovam que a agressão nunca aconteceu.

    Além de negar as acusações, Simony também move uma ação contra a Delta Air Lines por danos morais e materiais. A cantora alega que a empresa a difamou publicamente ao acusá-la de agressão, e que isso lhe causou sofrimento e constrangimento.

    O processo judicial entre Simony e a Delta Air Lines ainda está em andamento. A Justiça brasileira terá a responsabilidade de analisar as provas apresentadas por ambas as partes e determinar quem está certo e quem está errado.

    Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do Jetss.

    Mais Recentes