More

    Letícia Colin critica armas de brinquedo e faz reflexão: “O que estamos naturalizando?”

    Data:

    Em uma participação no programa Encontro, Letícia Colin comentou suas percepções sobre a tragédia que aconteceu na segunda-feira (27) em São Paulo, quando um estudante invadiu uma escola e esfaqueou um aluno e quatro professoras, matando uma delas.

    ++ Poliana Rocha e Leonardo exibem detalhes de nova mansão em condomínio de luxo

    Na conversa, onde também estavam presentes Maria da Ajuda, mãe de um aluno do colégio em questão, e Rodrigo Affonseca Bressan, psiquiatra e coordenador do programa de saúde mental nas escolas de São Paulo, a atriz deu uma opinião sincera sobre a normalização social do usou de armas de fogo.

    ++ Viih Tube surpreende ao mostrar marcas da gravidez em ‘tour pelo corpo’: “Completamente comum”

    Mãe do pequeno Uri, de três anos, ela declarou que se sente preocupada com o fato de que esses instrumentos sejam inseridos na vida da população desde cedo. “Acho muito perigosa essa conexão heroica e de poder com as armas, isso é uma construção muito basal. Quando você dá uma arma a um menino porque ele tem que ser um um macho-alfa, predador, está incutindo nele que isso é um ccomportamento natural“, declarou.

    Fico colérica, porque tenho um filho menino e já tem brinquedos muito pequenos nesse sentido. O que estamos naturalizando para essa criança? Tem a internet, os games [jogos eletrônicos] e como isso se dissemina, se não ficarmos atentas“, finalizou Letícia Colin.

    Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do Jetss.

    Mais Recentes