Entretenimento, Cultura e Lazer

Bruno Gagliasso se revolta com a Globo após jornal falar de atos terroristas

Nesta última segunda-feira (09/01), Bruno Gagliasso se revoltou e detonou sua antiga casa – a TV Globo. Na ocasião, o ator ficou irritado com a forma que o noticiário matinal “Bom Dia Brasil” tratou os atos antidemocráticos realizados pelos apoiadores do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), em Brasília, no domingo (08/01).

++ Bruno Gagliasso expõe real motivo de briga com irmão: “Não foi política”

Bruno Gagliasso detona Globo

O jornal em questão citou que as manifestações terroristas teriam vindo de uma “minoria de bolsonaristas radicais”. A colocação do matutino tirou Bruno do sério: “Ontem, durante os atos terroristas, vi os principais jornais, inclusive a ‘Globo News’, dando o nome correto ao que estava acontecendo: terrorismo. Crime. Bandidos. Agora, o ‘Bom Dia Brasil’ cita ‘minoria de bolsonaristas radicais’. A quem interessa amenizar o nazismo e o fascismo?”, disparou logo a princípio no Twitter.

Em seguida, o marido de Giovanna Ewbank também fez questão de frisar que os atos precisam ser chamados do que eles realmente são – terrorismo: “O jornalismo brasileiro precisa sair de cima do muro, assumir sua responsabilidade e dar o nome correto ao que está acontecendo. Terrorismo. Golpe de Estado. Crime. Não existe “minoria bolsonarista radical”. Não existe “nazista moderado”. São bandidos. E que sejam tratados assim.”, completou o famoso, indignado.

++ Bruno Gagliasso declara que não quer mais fazer novelas

Veja:

Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do JETSS.