Entretenimento, Cultura e Lazer

Cássia Kis é criticada após fala contra casais LGBTQIA+: “Homem com homem não dá filho”

A atriz Cássia Kis foi duramente criticada após fazer algumas declarações contra casais LGBTQIA+. Durante uma live com a jornalista Leda Nagle, a artista acusada de homofobia declarou ser conservadora e diz acreditar que a comunidade ameaça a família brasileira.

“Você sofre amando Deus. Qual é o meu propósito como católica? Amar a Deus sobre todas as coisas. Hoje, eu tenho um filho dentro da minha casa dentre os meus quatro, o Joaquim. Ele trabalha no centro Dom Bosco, que é uma escola com objetivo de construir homens de verdade… É o caminho certo, não tenho dúvida nenhuma. Diante de tantas ameaças sobre a família. A vontade que o mundo está de destruir a família”, disse.

++ Cristiano rebate Ludmilla: “Dizer que o sertanejo não pensa no povo é uma ofensa”

“Não existe mais o homem e a mulh3r, mas a mulh3r com mulh3r e homem com homem, essa ideologia de gênero que já está nas escolas. Eu recebo as imagens inacreditáveis de crianças de 6, 7 anos se beijando. Duas meninas dentro de uma escola se beijando, onde há um espaço chamado beijódromo’ ou algo assim”, acusou a atriz.

“O que está por trás disso? Destruir a família. Destruir a vida humana? Que eu saiba homem com homem não dá filho, mulh3r com mulh3r também não dá filho. Como a gente vai fazer? Se você tem um casal gay é uma coisa quando eles querem adotar uma criança, mas e quando não tiver mais [o desejo]? Afinal de contas, isso ainda é gerado dentro do útero de uma mulh3r. Aí, você precisa de um óvulo e espermatozoide, sim”, finalizou.

Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do JETSS