Entretenimento, Cultura e Lazer

Leanda Leal fala sobre racismo sofrido pelos filhos de Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso

Nesta terça-feira (02) a atriz Leandra Leal, falou sobre o racismo sofrido pelos filhos de Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso. Em seu perfil do Instagram, a artista declarou que se solidarizou com a situação, e que entende o que o casal, e seus herdeiros, Titi e Bless, tiveram que enfrentar.

++Viih Tube se declara a Eliezer: “Tô real apaixonada! Me lasquei”

Leandra é mãe da Júlia, de 8 anos de idade, fruto do seu antigo casamento com Alê Youssef. Na publicação, a atriz declara que se emocionou ao ver as imagens de Giovanna brigando com a racista que xingou seus filhos em um restaurante de Portugal:

“Eu chorei e me indignei junto com a Giovanna, e me senti de alguma forma gritando também. Eu sei o quanto é horrível ver algo assim acontecer com um filho, por isso me solidarizo e agradeço pela força de vocês nessa luta. Não é fácil, é muito doloroso, mas é a única forma para seguir”, declarou.

Continuando seu texto, Leandra Leal lamentou o fato das crianças terem que enfrentar uma situação dessa apenas por serem negras: “Crianças não precisariam ser fortes além do que é necessário, nem estar preparadas para enfrentar algo tão cruel quanto o racismo, mas crianças negras não têm essa escolha. O racismo está na estrutura da nossa sociedade porque durante anos pessoas brancas negligenciaram o seu papel na luta antirracista”, disse ela.

++Pedro Scooby revela que passará por tratamento com células-tronco após acidente de surfe

Para concluir, a atriz ressaltou a importância de se lutar contra o racismo estrutural: “Essa é uma missão de toda a sociedade, todos nós podemos e devemos agir. O primeiro passo é reconhecer a estrutura racista em que vivemos, identificar comportamentos que reproduzimos, reconhecer o privilégio que brancos têm, não se calar nem ser conivente”, afirmou.

Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do Jetss