Entretenimento, Cultura e Lazer

Linn da Quebrada detona Silvio Santos e desabafa: “Deve desculpas”

Nessa última quarta-feira (22), Linn da Quebrada, 31 anos, usou suas redes sociais para opinar sobre um vídeo do programa Silvio Santos que repercutiu na Internet. Na gravação em questão, o apresentador de 91 anos recebia a ‘Miss Trans Internacional’ Ana Simões, no palco de sua atração, no SBT. Apesar dos internautas distribuírem elogios ao dono do baú, Lina, criticou o apresentador.

++ Linn da Quebrada fala sobre o desejo de ser mãe

Após seguidores elogiarem Silvio Santos por programa com Miss Trans, Linn da Quebrada detona apresentador

Um internauta compartilhou o vídeo do programa exibido no dia 12, onde o comunicador entrevistou Ava Simões. Muitos seguidores elogiavam a forma como Silvio dava uma aula sobre pessoas trans, mesmo em um programa com o público majoritariamente conservador.

Veja:

Ex-bbb relembra erros do dono do baú

Linn da Quebrada, porém, relembrou de erros que o veterano e outros apresentadores cometeram no passado ao tratar sobre o tema: “(…) é o mesmo Silvio que constrange e debocha da Roberta Close.“, disse logo a princípio. Na sequência, a cantora ainda exigiu um pedido de desculpas: “Ele como outros meios de comunicação que devem desculpas pelo desserviço e pela contribuição assídua em desumanizar e atuar com tanto gosto na manutenção da violência e da dor.”, disse a ex-BBB.

Confira também:

Após a resposta da ex-sister, o seguidor começou a dialogar. De acordo com ele, Silvio, como qualquer outra pessoa, é alguém que erra e acerta: “Ao meu ver, ele [Silvio Santos] mais contribuiu do que errou. Deu espaço em uma época bem mais difícil para essas artistas (…).“, defendeu.

++ Silvio Santos revela motivo da demissão de Lívia Andrade

Em seguida, Linn seguiu com seu posicionamento e pontuou que dessa forma o público acaba sendo conveniente com atitudes transfóbicas: “Vocês são muito convenientes com os seus. Não vou discutir, nem mensurar em quantidade, nem me interessa tornar uma questão dele ou de outro. Mas do papel que ocupam dentro dos meios de comunicação que criaram e mantiveram um pacto até hoje tem seus efeitos.“, disse.

Lina diz que por muito tempo a televisão foi um meio transfóbico 

Ela ainda reforçou que Silvio Santos não era o único problema em toda a história: “Não é sobre Silvio, mas também é. Antes de tudo, falo da instituição televisiva que trabalhou muito bem por muito tempo para a manutenção do espetáculo violento de nos ferir [pessoas trans] enquanto eles riam.“, continuou.

E finaliza: “(….) é necessário que não só ele [Silvio], mas tantos profissionais da comunicação, perceba o esforço sistemático na criação de um imaginário social, em rede nacional, que trabalhou muito bem para que rissem diante do espetáculo traumático de nos ferir e desumanizar.“, desabafou por fim. (Veja conversa mais completa na galeria de fotos acima!)

Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do Jetss