More

    Whindersson reage após acusação de ter ‘soltado a mão’ de Maria Lina: “Não sou perfeito”

    Data:

    Whindersson Nunes usou seu Twitter, na noite de quarta-feira (23), depois das polêmicas declarações de sua mãe sobre suas ex Luísa Sonza e Maria Lina. Uma seguidora chegou a acusar Whindersson de não apoiar Maria Lina depois do drama passado pelo casal, com a morte do bebê dos dois, que nasceu prematuro e não resistiu. 

    “A Maria Lina dizendo que o pai dela ficou com a mãe dela na pior fase e nunca soltou a mão dela por isso ele é o exemplo de homem pra ela, foi um tapa na cara do Whindersson… Bem dado diga-se de passagem”, atacou a internauta. 

    “Sim, eu entendi, aprendi a lição, ninguém nunca mais vai passar por isso, não sou a melhor pessoa do mundo, nem perfeito, nem nunca vou ser, eu já entendi, eu juro que queria que tudo fosse ótimo, mas infelizmente não entendo tudo, espero que tudo fique bem”, respondeu Whindersson ao compartilhar a publicação. 

    “A gente sempre acha que faz tudo certo. Não sou uma má pessoa”, completou ele em outros dois posts. 

    ++ Saiba o verdadeiro motivo da separação de Isis Valverde e André Resende

    Término de Maria Lina e Whindersson 

    Recentemente, Maria Lina afirmou que ainda não entende o motivo da relação ter acabado. “[Foi] muito difícil porque quem quis foi ele. Passamos por um baque muito grande, então prefiro não tentar saber o motivo. Ele é uma pessoa que tem os problemas dele, eu tenho os meus. A gente viveu um relacionamento, só a gente sabe o que passamos. Não sei o que causou, é uma mistura de muita coisa. Não o julgo, já perdoei, porque amor é isso”, explicou. 

    Ela também falou sobre a morte do filho com Whindersson, João Miguel, que nasceu prematuro de 22 semanas. “Quando eu perdi o João, eu queria esconder a minha história, não queria que ninguém soubesse, nem que falassem sobre perto de mim, e isso ia me doendo mais. Até que comecei a falar. Passei a conversar com a minha mãe (…). Foi tão difícil perder o meu filho, e ele não tem culpa de nada, mas de qualquer forma, perder o pai do meu filho também. Eu não queria levantar, não queria trabalhar. Às vezes, me dava saudade do meu filho, e eu convivi apenas 30h com ele”, disse Maria. 

    Não deixe de curtir nossa página   no  Facebook  e também  no  Instagram  para mais  notícias  do JETSS. 

    Mais Recentes