Entretenimento, Cultura e Lazer

Após 3 separações, pastor Poncio: “Não somos exemplo de vida certinha”

Os últimos dias têm sido agitados para a família Poncio. Primeiro, veio a reviravolta na adoção do pequeno Josué, que precisou ser devolvido à mãe biológica por Sarah. Depois, os divórcios de Saulo, da própria Sarah e a ruidosa separação do pastor Márcio e Simone.  

Por fim, a notícia que repercutiu muito: a internação da ex-mulher do religioso numa clínica psiquiátrica, na zona sul do Rio de Janeiro. Em meio a este turbilhão de acontecimentos, Marcio Poncio comentou publicamente sobre a internação de sua ex-esposa e também a separação dela. 

“Acho que a pandemia teve grande participação {da esposa}. O mundo ficou diferente, de cabeça pra baixo, as pessoas mudaram muito seus conceitos um do outro, já não se reconheciam devido à mudança de rotina. Teve também o desgaste natural do casamento, afinal nos casamos muito cedo. Sendo assim, o motivo real da nossa separação foi um acúmulo de muitas coisas. Não traição física como eu já havia mencionado antes, mas traição emocional, em não ajudar o outro em suas faltas, dificuldades e necessidades reais. Acho que foi isso, mas me arrependo muito onde isso nos levou, não foi bom para nenhum dos dois”, disse ao Léo Dias. 

++  Lucas Penteado está namorando cantora de rap após tentar reatar com ex-noiva

O pastor nega que a ideia da internação tenha partido dele: “Após a saída da Simone de casa, busquei deixá-la à vontade, até porque também queria ficar à vontade. Nunca insisti nem a persuadi em nada. Na verdade, nós não tínhamos tanta ciência que suas medicações contribuiriam para a nossa separação, não nos atentamos a isso. Com o passar o tempo, as coisas foram piorando e fomos nos dando conta que algo muito errado estava acontecendo. Foi quando, então, ela mesmo se tocou que precisava de ajuda médica. Desde então estamos buscando ajudá-la. Mas tudo partiu absolutamente dela, ela está internada de forma voluntária, de vontade própria”, declarou. 

Em seguida, ele entrou em detalhes sobre a internação da esposa: “Ela foi internada por estar fazendo uso de antidepressivos em excesso. Na verdade, ela já fazia uso estando conosco em casa e, quando saiu, os transtornos aumentaram e ficou tudo fora de controle. Mas graças a Deus ainda há tempo para resolvermos o problema. As coisas foram seguindo aos poucos, sem que percebêssemos. Primeiro, você por um estresse toma um Rivotril. Depois, passa a tomar o vidro todo a cada problema. Quando menos espera, tudo sai do seu controle. Foi mais ou menos assim”, explicou. 

“Somos lutadores, exemplo de luta e não de vida certinha. Por isso chegamos onde chegamos, por lutar, lutar e lutar. Queremos vencer como família. Ainda não chegou o final. VAMOS VENCER E SER EXEMPLO para o Brasil”, defendeu ao final. 

Não deixe de curtir nossa página  no Facebook  e também no Instagram para mais notícias do JETSS.