Entretenimento, Cultura e Lazer

Fernanda Nobre abre o jogo sobre relacionamento aberto: “Ainda acho difícil”

Fernanda Nobre, que está no ar na novela “Um Lugar ao Sol”, falou sobre o seu relacionamento aberto com o diretor José Roberto Jardim. Em entrevista à colunista Patrícia Kogut, do jornal O Globo, a atriz refletiu sobre o casamento e a mulher na sociedade.

++ Fernanda Nobre sobre relacionamento aberto: “Tudo em prol do diálogo”

Segundo Fernanda, todas as mulheres podem mudar a forma como se relacionam com seus companheiros. “Minha proposta é falar do lugar da mulher na sociedade sem escolher […] ficar repetindo padrões, que nesse caso é a monogamia, sem saber se é o que quer, porque desconhece que existem outras maneiras”, declarou.

A monogamia é hipócrita, principalmente nos relacionamentos heterossexuais. As pessoas passam pelo sofrimento da traição, da deslealdade. Isso é cultural. Existe um interesse do masculino para que se continue aceitando esse sistema. A gente pode mudar isso e criar novas formas de se relacionar”, refletiu a atriz.

Na sequência, ela falou sobre o sentimento de ‘posse’ da relação aberta e afirmou que é “fácil é viver a abertura, difícil é permitir a abertura para o outro”. Fernanda explicou que muitas mulheres têm interesse nesse tipo de relacionamento, mas não sabem lidar com o ciúme.

++ Conheça os personagens de ‘Um Lugar ao Sol’, nova novela das nove

“A cada experiência, um novo aprendizado. Eu e o José estamos em busca de um lugar de diálogo, de troca, de parceria, de generosidade com o outro”, declarou a artista.

Por fim, ela afirmou que não tem nenhum interesse em viver um relacionamento a três. “A gente conversa sobre as milhões de possibilidades de se relacionar, mas não temos vontade de mudar. Gostamos de morar juntos, somos bem parceiros em casa. Então, a três, não tenho vontade”, concluiu Fernanda Nobre.

Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do JETSS