Entretenimento, Cultura e Lazer

Felipe Araújo fala sobre autismo do filho: “Romper o preconceito”

Felipe Araújo abriu o coração sobre o diagnóstico de autismo do filho Miguel, de dois anos. Em entrevista à revista Quem, o sertanejo ressaltou a importância de falar sobre o transtorno e romper o preconceito com o assunto. 

“Falar sobre isso é muito importante para ajudar as pessoas. Quando a gente tem o diagnóstico o mais breve possível do espectro autista, temos mais chances de assertividade no tratamento”, explicou o artista.

++ Conheça famosos que são autistas e você não sabia

“Meu filho, a gente conseguiu, muito por conta da mãe dele, que trabalha na área, perceber o espectro quando ele tinha um ano e quatro meses. A gente pôde buscar esse tratamento, que vai perdurar ainda por muitos anos, bem cedo”, explicou Felipe. 

O cantor comemorou o rápido desenvolvimento do filho após o diagnóstico e início do tratamento: “O Miguel está tendo um desenvolvimento maravilhoso, então é muito importante a gente abrir os olhos das pessoas e tentar romper com a barreira do preconceito quanto a essa questão”.

“O autismo é o maior amor do mundo ali presente. Ele é a pessoa mais carinhosa que eu já conheci em toda a minha vida. Conversando com Marcos Mion, ele fala a mesma coisa, que é o espectro do amor”, concluiu o papai coruja. 

O pequeno Miguel, de dois anos, é fruto do antigo relacionamento entre o cantor sertanejo Felipe Araújo com a psicóloga Caroline Marchezi.

Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do JETSS