Entretenimento, Cultura e Lazer

Bruna Marquezine confessa autocobrança excessiva: ‘Sou minha maior hater’

Bruna Marquezine desabafou sobre a autocobrança excessiva em sua vida pessoal. Nesta segunda-feira (8), a atriz explicou como lida com esse julgamento pessoal e admitiu que é perfeccionista. “Sou a minha maior hater”, assumiu ela. 

“Não tem nada no mundo que alguém, nenhuma crueldade, crítica não construtiva e só cruel ou ofensiva que alguém possa fazer que já não tenha feito. Infelizmente, sou muito cruel comigo mesma, me cobro muito e sou muito perfeccionista, sempre acho que não é o suficiente”, prosseguiu Bruna durante uma live no Instagram com as apresentadoras do Mam*los Podcast. 

No bate-papo com Ju Wallauer e Cris Bartis, a protagonista de Maldivas (Netflix) também atribuiu essa cobrança pessoal ao machismo: “A sociedade cobra muito da mulher ser sempre excepcional, a gente não pode ser [só] boa. Sempre temos que fazer mais do que esperam, me cobro muito”. 

++ ‘Enjoo da minha cara, do b*fe, de tudo’, confessa Anitta

“Por mais que, muitas vezes, não queira escutar, porque o indivíduo fica preso na problematização. Quero ficar ouvindo essa voz cruel e tentando, de alguma forma, antecipar um fracasso ou tentando fazer com que as pessoas ao meu redor não criem expectativas. Por mais que não queira escutar meus amigos e amigas me trazendo de volta para a realidade, é muito importante [contar com eles]”, complementou a atriz. 

Bruna aproveitou a temática e compartilhou detalhes da sua relação com as amigas. “A gente sempre fala como se fôssemos uma só, sempre falo com elas: ‘Mas a gente gosta dele agora? Vamos namorar com ele?’. Todo mundo vive junto essas experiências”, entregou. 

Não deixe de curtir nossa página  no Facebook  e também no Instagram para mais notícias do JETSS