Entretenimento, Cultura e Lazer

Simone Medina diz que filho optou pelo fim do Instituto Gabriel Medina

Após a repercussão negativa do fechamento do Instituto Gabriel Medina, que cuidava de inúmeras crianças carentes da região em que o surfista cresceu, viabilizando cestas básicas, aulas de surfe e patrocínios à novos atletas, Simone Medina voltou a se pronunciar. 

Logo após a notícia ser publicada por Léo Dias, a mãe do atleta chegou a xingar a reportagem, mas mais tarde preferiu comentar o caso, apontando que o próprio surfista é o responsável pelo fim do projeto beneficente e negando que o fim do Instituto tenha relação com alguma briga familiar – lembrando das supostas desavenças que ela tem com a esposa do filho, Yasmin Brunet.  

++ Indiciado por lesão corporal, Nego do Borel pode deixar A Fazenda

Simone afirmou que Gabriel Medina exigiu que ela e o marido renunciassem aos cargos que tinham no instituto. “Não é verdade, e vocês devem perguntar para o Gabriel, ele era dono do instituto e eu apenas a presidente, afinal levava o nome dele, enquanto eu trabalhava voluntariamente. Aliás, Gabriel exigiu que eu e Charle [padrasto de Gabriel] renunciássemos aos cargos e nos proibiu de usar seu nome e imagem”, revelou à Folha de S. Paulo. 

O Instituto tinha o objetivo de promover educação e esporte para crianças carentes, inclusive com aulas de surfe, além de fazer doações de cestas básicas e patrocinar atletas. 

Não deixe de curtir nossa página  no Facebook  e também no Instagram para mais notícias do JETSS.