Entretenimento, Cultura e Lazer

‘Para falar de mim, a pessoa tem que ser exemplo’, diz Nego em A Fazenda 13

Em A Fazenda 2021, Nego do Borel reclamou das críticas que recebeu dos demais peões no último jogo da discórdia. Nesta segunda-feira (20), em conversa com Aline Mineiro, o funkeiro desabafou sobre a sua suposta ida para a Roça e avisou: “Para falar de mim, a pessoa tem que ser exemplo”. 

“Eu vou, vou voltar e, aqui dentro, vou lutar! Não vou ser mais um que vai lamentar. Porque mano, para falar de mim, a pessoa tem quer ser exemplo. Ponto. A pessoa é exemplo? Vou escutar. Mas a pessoa não é exemplo, quer ter uns argumentos que não tem nada a ver e armar uma situação porque tem câmera, mas não é essa a situação”, cravou Borel. 

Durante o bate-papo, o funkeiro ainda avisou a modelo que, caso volte da Roça, “o negócio vai ficar sério”. “Não vou ficar me vitimizando, choro do meu coração. Vou para a Roça, o fazendeiro [Gui Araujo] vai me indicar direto”, pontuou o cantor. A dançarina indagou: “Você tem certeza disso?”. 

++ Juliette usa autotune em programa ao vivo no Multishow: ‘É muito massa’

“Ele já falou, disse que dei um tiro no pé. Se eu sair, vou sair com a consciência [tranquila], fui quem eu sou. As pessoas dizem que sendo quem sou estou fazendo um personagem. Eu brinco para caralho, passo da brincadeira às vezes, a pessoa me odeia e me ama e é isso”, prosseguiu o ex-Malhação. 

Na conversa, Nego ainda afirmou que “o Brasil é difícil de perdoar”, ao reconhecer a sua tentativa de redenção popular dentro do reality. “Estou aqui para assumir meu erro e ir para a Roça. Dei motivo para estar lá. Vou de cabeça erguida, vou chorar amanhã. Choro porque boto para fora!”, disse. 

Não deixe de curtir nossa página  no Facebook  e também no Instagram para mais notícias do JETSS.