More

    Marina Ruy Barbosa diz que sua loja é cara para não ter trabalho escravo

    Data:

    Marina Ruy Barbosa têm sido bem mais ativa nas redes sociais e vem procurando formas para ter mais relações com os internautas. A atriz respondeu dúvidas dos seguidores sobre a sua marca de roupas, a Ginger. A empresária explicou os motivos pela sua loja de produtos “mais caros” e menos acessíveis.  

    “Valores super baixos dos aplicados no mercado podem identificar uma série de problemas. Desde a baixa qualidade do material usado nas peças, até condições de trabalho inapropriadas para costureiras. Isso mesmo, a ‘blusinha baratinha’ pode ser o disfarce para questões mais profundas dentro da sociedade”, afirmou. 

    ++ Juliette compra moto luxuosa após cair em “pegadinha”

    A modelo ainda revelou que quando decidiu migrar para a área do empreendedorismo, muitas pessoas não a incentivaram na decisão de abrir sua própria loja: “Várias pessoas falavam pra eu desistir e que não ia dar certo… que era muito difícil ter marca própria… que eu já tinha muito trabalho e tava arrumando mais uma coisa pra me preocupar…, Mas várias pessoas tentaram me desestimular real. Mas eu tenho personalidade forte e não sou de desistir dos meus sonhos. Fui lá e fiz. Mega feliz e realizada!”, revelou Marina Ruy Barbosa. 

    A empresária contou que teve muito medo de empreender, pois já era bem sucedida em sua área de atuação: “Até hoje dá um frio na barriga. Pois teoricamente eu estava bem sucedida só como atriz e com as publicidades. Mas eu não gosto de ficar na minha zona de conforto. Eu tenho um sonho e acredito nele e na minha empresa. Mas teve tanta gente por perto na época que tentou fazer eu desistir”, disse. 

    Não deixe de curtir nossa página  no Facebook  e também no Instagram para mais notícias do JETSS. 

    Mais Recentes