Entretenimento, Cultura e Lazer

Beyoncé é a primeira negra a posar com colar avaliado em R$ 161 milhões

O casal mais famoso do mundo, Beyoncé e Jay-Z, estrelaram a nova campanha da joalheria Tiffany. O visual dos dois artistas foi inspirado no filme “Bonequinha de Luxo” (1961), Beyoncé chega a usar o famoso diamante amarelo da produção, que está avaliado em cerca de 30 milhões de dólares —161 milhões de reais, na cotação atual.

++Beyoncé fala sobre benefícios da cannabis e revela ter plantação em casa

Na página oficial da joalheria o diamante é descrito como: “é um dos maiores e mais sofisticados diamantes amarelos do mundo”. A pedra usada para fazer o diamante foi encontrada em 1877, na África do Sul. Ela foi lapidada e então passou a ser o “Diamante da Tiffany”, com cerca de 128,54 quilates e inéditas 82 facetas — 24 a mais do que a lapidação brilhante tradicional, com 58 facetas.

Anteriormente, a peça já havia sido usada por outras quatro mulheres, antes da diva do pop americano. Essas mulheres foram Mary Whitehouse no “Tiffany Ball” de 1957, Audrey Hepburn em 1961 durante fotos publicitárias de “Bonequinha de Luxo”, Lady Gaga no Oscar 2019 e Gal Gadot no filme “Morte no Nilo”, que está previsto para lançar em 2022.

++Uma das mansões de Beyoncé e Jay-Z pega fogo em Nova Orleans

Sendo assim, Beyoncé é a primeira negra a usar uma das joias mais importantes e caras do mundo. Essa marca é histórica, já que a joalheria é extremamente conhecida e ficou para a história depois de sua menção durante o filme “Bonequinha de Luxo”. A cantora estadunidense e o marido dão mais um passo como os artistas mais influentes e importantes do mundo.

Não deixe de curtir nossa página  no Facebook  e também no Instagram para mais notícias do JETSS