Entretenimento, Cultura e Lazer

Após falas homofóbicas, rapper DaBaby tem show cancelado no Lollapalooza

O rapper DaBaby continua a colher maus frutos após fazer uma série de falas homofóbicas e sorofóbicas durante um show no festival de músicas Rolling Loud, em Miami.

Na ocasião polêmica, DaBaby, falando com o público, pediu para acenderem a lanterna do celular quem não era gay e nem tinha AIDS ou HIV, além de citar uma informação errada de que a doença “te mata em duas ou três semanas”.

Neste domingo (01), a sua participação no Lollapalooza foi cancelada. O rapper fecharia as apresentações do festival que aconteceu em Chicago, nos Estados Unidos.

++ Com Covid, Adriana Sant’Anna desabafa: “Dor insuportável”

“Lollapalooza foi fundado na diversidade, inclusão, respeito e amor. Com isso em mente, DaBaby não vai mais se apresentar no Grant Park esta noite. A apresentação de Young Thug agora ocorrerá às 21h no palco Bud Light Seltzer, e G Herbo se apresentará às 16h no palco T-Mobile”, informou a organização do evento em comunicado divulgado hora antes da performance.

DaBaby foi indicado ao Grammy de melhor álbum do ano em 2020, e fez sucesso com a música “Rockstar”. O rapper também ficou conhecido pela parceria com Dua Lipa pelo single “Levitating”, e com Anitta, em um remix de “Girl From Rio”.

Não deixe de curtir nossa página  no Facebook  e também no Instagram para mais notícias do JETSS