More

    Shantal Verdelho relata abuso que viveu quando criança: “Traumatizada”

    Data:

    Nesta terça-feira (27), Shantal Verdelho usou seu perfil pessoal do Instagram para fazer um relato triste e forte. A influenciadora relatou um abuso que sofreu quando tinha apenas sete anos.

    No desabafo, ela fez referência ao vídeo em que o pastor André Vitor aparece tentando abraçar uma menina por trás. Internautas apontaram o comportamento do religioso como inapropriado.

    Shantal afirmou que jamais permitiria que uma filha sua ficasse sozinha com o pastor e contou que foi abusada pelo rapaz que a levava para escola. Ela explicou que tinha medo de contar o que ocorria à sua mãe.

    “Sobre a história do possível abuso, que está rolando essa semana na internet, eu não vou entrar no caso específico, apesar de que eu JAMAIS deixaria um homem pegar nos seios da minha filha, da forma como foi vista no vídeo, independentemente da intimidade que o homem tivesse com a família. Nem avós, tios, padrinhos, padre, pai de santo, pastor ou o que for…”, começou ela.

    “Mas falando em abuso de menores, eu com 7 anos sofri um período de abusos do rapaz que nos levava para a escola. Eu sei não se durou semanas ou meses pois eu não tinha muita noção de tempo na época… Mas sabe por que os abusos duraram um período e não apenas um dia, um episódio?”, questiona.

    ++ Zezé di Camargo defende Bolsonaro e voto impresso

    A empresária disse que, pela tenra idade, não tinha certeza se aquilo era algo inapropriado e detalhou como o rapaz a abusou: “Mas como ele era adulto, eu fiquei na dúvida se aquilo era normal ou se eu estava confundindo alguma coisa”.

    “Além disso, tinha muito medo de contar para minha mãe (meu pai estava ausente na época, ele morava em SP e nós morávamos em Porto Velho – RO), e ela não acreditar em mim, pois afinal de contas eu era a criança e ele era o cara adulto. E se ele dissesse que eu estava inventando?”, explicou a empresária.

    Por fim, Shantal relata que tomou coragem e contou para a sua mãe: “Graças a Deus ela acreditou em mim na hora sem nem pestanejar e afastou o rapaz de nós (eu e minha irmã)”.

    No entanto, a loira disse que sua mãe escolheu não denunciá-lo na polícia e justificou: “Se ela fosse na delegacia, teria grandes chances do cara sair impune e, desta forma, ele ir atrás da gente para fazer algo pior. Então, para nos proteger, ela optou por se calar…”

    “Hoje eu sou completamente traumatizada com isso e atrapalha minha vida de várias maneiras, desde a liberdade que dou ao meu filho até meu relacionamento em si, em questões mais íntimas”, disse.

    “É algo que NÃO TEM COMO TIRAR DE MIM, eu faço terapia, cuido disso, porém isso não sai… Tô dizendo isso pra vocês terem noção do tamanho que a coisa pode virar na vida de uma pessoa, então eu peço encarecidamente: PROTEJAM SUAS CRIANÇAS!”, finalizou. 

    Não deixe de curtir nossa página  no Facebook  e também no Instagram para mais notícias do JETSS

    Mais Recentes