Entretenimento, Cultura e Lazer

Juliano Cazarré se pronuncia depois de rumores de recusa à vacinação

O ator Juliano Cazarré veio a público se pronunciar a respeito das acusações de recusa à vacinação contra a Covid-19. Os rumores surgiram na terça-feira (27) e afirmavam que o ator poderia perder o seu papel no remake da novela ‘Pantanal’ devido a sua atitude de não tomar a vacina.

++Juliano Cazarré pode ficar fora do remake de ‘Pantanal’; entenda

“A quantidade de gente que não abre um livro que preste, mas acredita em coluna de fofoca é impressionante. Pobre Brasil”, ele começou explicando em uma sequência de stories postados no Instagram.

“Há alguns dias eu fiz uma consulta à produção de Pantanal sobre a situação da vacina, pois eu adquiri imunidade ano passado e já li textos falando que a vacina nesses casos pouco adianta e que uma nova carga viral pode ser prejudicial. Mas deixei claro que se for uma condição da casa para que eu participe de Pantanal, que eu tomaria”, continuou seu posicionamento.

“Ao longo do final de semana conversei com um médico em quem confio, que me explicou mais sobre a vacina, tirou as dúvidas sobre o processo como são feitas e eu já tinha me decidido a tomar, assumindo os mesmos riscos que todos os vacinados. No posto me informaram que eu devo passar lá na quinta-feira (amanhã de tarde)”, finalizou.

++Juliano Cazarré diz que mudou planos de casamento por causa do coronavírus

Juliano afirmou que também recebeu mensagens de ódio e ameaças de morte contra ele e seus filhos. O ator criticou também Armando Babaioff, que pediu vaga em alguma novela por já ter sido vacinado. “Aos meus seguidores queridos, eu peço que rezem uma Ave Maria por todos aqueles que vieram desejar a minha morte, de meus filhos. Rezem também uma Ave Maria pelo colega que sugeriu pegar meu lugar por estar vacinado. Ele é um grande ator e não merece estar nessa situação”, ironizou.

Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do JETSS