Entretenimento, Cultura e Lazer

Juíza decide manter pai de Britney Spears como tutor dos bens da cantora

Segundo a revista Variety, a juíza Brenda Penny negou o pedido do advogado de Britney Spears para que o pai dela, Jamie Spears, deixasse de ser o responsável pelos bens da cantora.

Penny decidiu que Jamie passará a ser co-tutor do patrimônio de Britney, em conjunto com a empresa de gestão de fortunas Bessemer Trust.

O pedido original foi feito em novembro de 2020, quando o advogado da cantora afirmou que a loira tem medo de seu pai e se recusaria a subir no palco enquanto ele permanecesse seu tutor.

++ Documentário sobre os Barões da Pisadinha chega na Amazon

Na época, a juíza negou o pedido e reiterou a decisão, dias depois do depoimento em que Britney pediu o fim de sua tutela.

Em seu pronunciamento, a cantora contou que tem DIU para não engravidar e que não a permitem tirar.

Além disso, afirmou que era dopada com lítio e que deseja processar a família por tudo que fizeram com ela durante os últimos 12 anos de “exploração”.

“Não só minha família não fez nada, meu pai era totalmente a favor. Qualquer coisa que acontecesse comigo precisava ser aprovada pelo meu pai”, afirmou a popstar.

Britney ainda pode recorrer da decisão e voltar a pedir que seu pai seja removido da tutela.

Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do JETSS