Entretenimento, Cultura e Lazer

Seth Rogen volta atrás e diz que não trabalhará mais com James Franco

Os atores James Franco e Seth Rogen fizeram bastante sucesso atuando na companhia um do outro. Os dois estrearam diversos filmes juntos que até hoje são lembrados pelo público. Porém as coisas mudaram recentemente, logo após James Franco ser acusado de má conduta. Em uma entrevista ao jornal “The Sunday”, o colega de trabalho, Seth Rogen revelou que não pretende mais trabalhar com ele.

++Roteiro do ‘Power Couple’ é exposto e péssima atuação dos participantes vira piada

As acusações não foram poucas. James foi diversas vezes acusado de assédio. Seth quando questionado sobre isso, revelou que não compactuava com a atitude do ator. Os dois contracenaram juntos em filmes como “A Entrevista” e “Artista do Desastre”, assim como em outras produções.

“O que posso dizer é que eu desprezo abuso e assédio, e eu nunca encobriria ou esconderia as ações de alguém que fizesse isso, ou conscientemente colocaria alguém em uma situação em que eles estivessem ao redor de alguém assim”, manifestou o canadense.

Em anos anteriores

“Eu também olho para trás para aquela entrevista em 2018 em que eu comento que continuaria trabalhando com o James, a verdade é que eu não trabalhei e nem planejo fazer isso agora”, continuou o ator. Rogen teria dito que continuaria a trabalhar com o ex-colega logo quando as acusações surgiram em 2018, voltando atrás com sua declaração esse ano.

 A falta de trabalho dos dois juntos poderia ser explicada por esse fato, segundo o ator. Ao mencionar a amizade dos dois, Rogen foi honesto em dizer que não conseguiria definir isso agora. O humorista apenas comentou que a situação havia mudado muitas coisas no relacionamento dos dois e a sua dinâmica. Seth respondeu que a ocasião não foi tão dolorosa para ele quanto para as pessoas que sofreram com ela.

++Marina Ruy Barbosa adota um cão surdo com 4 anos de idade

O ator James Franco recebeu uma acusação em 2019 por duas alunas de seu Studio 4, sua escola de atuação e cinema. As jovens moveram um processo contra o James, que segundo elas teria forçado uma cena inapropriada diante de câmeras. Em fevereiro de 2021, o ator conseguiu um acordo temporário que fez com as estudantes retirassem as suas queixas de abuso.

Não deixe de curtir nossa página  no Facebook  e também no Instagram para mais notícias do JETSS