Entretenimento, Cultura e Lazer

MC Kevin ‘não pularia sem estímulo’, diz viúva do cantor em primeira entrevista

Depois de soltar indiretas em suas redes sociais ao falar sobre o caso, Deolane Bezerra, viúva de MC Kevin, concedeu a sua primeira entrevista desde a morte do funkeiro e pontuou que acredita que ele não pularia da varanda do hotel “sem um estímulo, sem alguém falando algo”. Ela afirma que vê mentiras nos depoimentos dados à polícia. 

A advogada conversou com o jornalista Roberto Cabrini e falou que vê inconsistências na situação: “Não acredito que ele pularia dali. Eu não sei, não acredito que ele pularia sem um estímulo, sem alguém falando algo […] Não tem nada que mostre: ‘foi por isso’”, defendeu. 

Quando o jornalista pergunta se ela acredita que pode ser um caso de assassinato, a advogada responde: “Homicídio doloso [quando há intenção de matar], não. Mas algo aconteceu”, ressaltou Deolane. 

++ Record descarta expulsão de Márcia Fellipe após suposta agressão no Power Couple

Ao ser questionada por Cabrini se ela recebeu alguma informação de que o cantor a estava traindo, a advogada negou: “Em nenhum momento. Eu acordei com um casal de amigos meus que foram jantar e subiram [para quarto, no 11º andar]. Aí eles entram e minha sogra me manda uma mensagem: ‘tá tudo bem?'”, disse Deolane. 

Deolane também diz acreditar que as testemunhas estão mentindo em seus depoimentos à polícia: “Do jeito que é relatado nos depoimentos, não traz uma fundamentação para o ato, não tem nada que mostre: foi por isso”. 

Sua teoria é que houve uma briga entre VK e Kevin antes do acidente. Um vídeo que circula na web aponta que os dois teriam tido um suposto desentendimento ao ir para a praia horas antes de sua morte. 

Não deixe de curtir nossa página  no Facebook  e também no Instagram para mais notícias do JETSS