Entretenimento, Cultura e Lazer

João Gordo diz que “ficou de vilão” após sua briga com Dado Dolabella

O músico João Gordo participou do podcast “No Flow” e relembrou a briga icônica com Dado Dolabella em seu programa na MTV, em 2003. A discussão foi escalando e virou um bate-boca com direito à ameaças físicas.

Na ocasião, Dado Dolabella foi convidado para ser entrevistado no programa “Gordo a Go-Go”. O vocalista da banda Ratos de Porão contou mais sobre o episódio: “Na época, eu sabia mais ou menos quem ele era. Conhecia mais os pais dele, o Carlos Eduardo Dolabella e a Pepita Rodrigues. O cara foi numa de zoar, uma zoeira de playboy, não era para ter treta. Já começou esquisito quando ele dispensou o carro da TV e foi de táxi para a entrevista. Só que antes o Dado passou numa loja de ferragens e comprou uma corrente e um machado”.

“Durante a entrevista, eu queria conversar na boa, mas ele logo disse que eu estava traindo o movimento punk e botou na mesa o que ele tinha comprado. O clima começou a ficar esquisito e eu bati na mesa. Foi quando ele resolveu quebrá-la com o machado. Fiquei indignado”, continuou Gordo.

++ “Quero que as pessoas que votaram em mim saiam uma por uma”, dispara Mahmoud 

O cantor afirmou que, depois da quase-agressão, ele acabou ficando com o papel de vilão:  “Ficou aquele embate e eu sabia que estaria ferrado se encostasse a mão nele. Era o Shrek versus o príncipe. Acabou que fiquei de vilão da parada porque só foram mostrar as imagens na íntegra quatro anos depois. O curioso é que, após tudo isso, quiseram contratar a gente para uma campanha de calmante. Eu pedi um milhão e o Dado pediu a mesma quantia, aí acabou não rolando”.

Não deixe de curtir nossa página  no Facebook  e também no Instagram para mais notícias do JETSS