Entretenimento, Cultura e Lazer

Ana Furtado faz alerta sobre câncer de mama: “Só estou aqui hoje porque tive diagnóstico precoce”

Em maio de 2018, após um autoexame, Ana Furtado procurou o médico e descobriu que estava com câncer de mama. A partir daí, foi mais de um ano de tratamento com sessões de quimioterapia e radioterapia. Em junho de 2019, a apresentadora revelou que tinha vencido o câncer.

++ Leveza, sofisticação e cores: 50 looks de Ana Furtado para se inspirar

Agora, em 2020, Ana Furtado foi convidada para ser madrinha da campanha Outubro Rosa, que todo ano alerta sobre a importância da prevenção e do diagnóstico do câncer de mama. Na última quinta-feira (01), a apresentadora foi até o Cristo Redentor, ponto turístico no Rio de Janeiro, conferir a iluminação feita especialmente para o Outubro Rosa.

No programa “É De Casa” desde sábado (03), Ana falou sobre a doença e sobre ser madrinha de uma campanha tão importante: “Fiquei muito honrada e emocionada de ter sido convidada para ser madrinha da campanha Outubro Rosa este ano. E eu presenciei a mudança da iluminação que vestiu o Cristo Redentor todinho de rosa. Que coisa mais linda!”

A apresentadora fez um alerta sobre a importância do autoexame e dos exames de rotina. Ana Furtado explicou que está curada hoje porque o diagnóstico de seu câncer de mama foi feito precocemente.

“Examine o seu peito sempre. Se notar algum alteração, procure o médico. O exame de mamografia é fundamental e não substitui o autoexame. Alguns tumores não são palpáveis. Por isso a necessidade dos exames de rotina. Só estou aqui hoje porque tive um diagnóstico precoce e tratamento. Vamos nos prevenir, fazer o exame e vamos viver.”

Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do JETSS