Entretenimento, Cultura e Lazer

Miguel Falabella escreve história sobre tragédia em sua família

Mesmo depois de deixar a Rede Globo, o autor Miguel Falabella não para. O escritor está empolgado com a história da sua própria família, feita por uma pesquisa genealógica. E quer contar essa trama.

++ Miguel Falabella vai apresentar prêmio na Band

“Estou escrevendo a história da minha família. Descobri detalhes de uma passagem trágica. Minha avó teve a mãe e a tia assassinadas. Ela tinha apenas 4 anos quando estava brincando no jardim e viu a mãe caindo morta do seu lado. Ela lembrava muito bem da avó dela gritando, desesperada, porque tinha perdido duas filhas num golpe só. Virou até manchete no jornal da época: Tragédia no Rio Comprido, cafetão mata amante e irmã. Acho que elas eram do babado, porque na minha família só tem gente do palco e do babado”, disse Falabella em uma live com a atriz Maria Zilda no Instagram.

Segundo Falabella, o projeto é batizado de “O Sagrado Coração”. A tragédia teria ocorrido em 1912, mas a trama começaria no século 18, na Europa. “Descobri que, da parte do meu pai, tive uma tataravó que foi uma grande estrela em Paris. O genealogista fez uma pesquisa muito grande, nada de orelhada, tudo documentado e com jornais da época. Foi assim também que descobri que sou primo da Malu Mader e do poeta Artur de Azevedo”, revelou.

Não deixe de curtir nossa página  no Facebook  e também no Instagram para mais notícias do JETSS