Entretenimento, Cultura e Lazer

Bruna Marquezine opina sobre “ego” e “competição” no meio artístico

Bruna Marquezine recentemente afirmou que poderia ter “facilmente” se deixado levar pela fama e pelas opiniões alheias caso não tivesse, ao seu redor, o apoio da família e  de amigos em quem confia.

A atriz pontua que o meio artístico é “muito competitivo” e “envolve muito ego”, mas que ela não se permite entrar em competição com colegas: “Se não fosse pela minha família, fé e amigos — que não estão nesse meio e não me olham como uma atriz e, sim, como a Bruna —, eu poderia ter muitas vezes me deixado levar”, disse, em entrevista recente à “Quem”. 

++ Marcelo Adnet sobre imitações e críticas a Jair Bolsonaro: “Perigoso, mas necessário”

“Nós estamos expostos a muitas opiniões. Se você não busca o autoconhecimento, se os seus valores não estão claros e se você não tem uma rede de apoio muito fiel e segura ao seu redor, é muito fácil se deixar levar e acreditar na opinião alheia, seja ela positiva ou negativa. É um meio muito competitivo. Só acredito num Deus que diz que tem algo reservado para cada um de nós, e nem penso em me permitir entrar em competição com ninguém”, ressaltou. 

Em outra entrevista, à Vogue Brasil, Bruna falou mais sobre como tem lidado com a sua saúde mental durante a pandemia, e pontuou que tem tentado se manter “carinhosa” consigo mesma em tempos de quarentena, aceitando o sentimento de introspecção. 

“Acho que todo mundo tem vivido altos e baixos. Tem dias melhores, produtivos e criativos, e tem dias mais silenciosos e reflexivos. Eu tento sempre abraçar todos esses sentimentos e ser carinhosa comigo.” 

Não deixe de curtir nossa página  no Facebook  e também no Instagram para mais notícias do JETSS.