Entretenimento, Cultura e Lazer

Defesa de irmãos Neto afirma que argumentos de Antônia Fontenelle “beiram o absurdo”

Antônia Fontenelle e os irmãos Neto seguem em uma disputa judicial aguerrida. A apresentadora do “Na Lata”, no YouTube, se defendeu negando que tenha acusado os dois de pedofilia, por meio de seus advogados. A réplica da defesa de Felipe e Lucas Neto não demorou.

++ Felipe Neto abre nova queixa crime contra Antônia Fontenelle, diz colunista

Segundo a colunista Fábia Oliveira, do jornal “O Dia”, os advogados dos influenciadores digitais afirmam que os argumentos “beiram o absurdo”. “Não se trata de ‘propor debate’ algum. Trata-se de uma acusação gravíssima. Quem quer ‘propor debate’ tem o dever de, no mínimo, ouvir os dois lados. Além disso, quem se presta a ‘propor debate’ e ‘alertar os pais’ não se vale de montagem com falas fora de contexto e com a ordem das falas invertidas”, argumentam na contestação.

Antônia ainda teria descumprido o prazo para a exclusão das publicações que motivaram o processo. Ao invés do dia 22 de junho, o primeiro conteúdo só foi retirado no dia 28. E, segundo a própria youtuber, foi o Instagram que excluiu. A segunda postagem só saiu do ar depois de aumentada a multa diária, no dia 3 de julho. Os irmãos Neto ainda falam em ameaça a integridade física já que os seguidores de Fontenelle publicam comentários com ameaças de agressão. Os prints contém mensagens como:”Esse cara e o irmão deveriam tomar um cacete bem tomado para virarem gente. Eles que não trombem comigo em nenhum lugar, pois com certeza vão tomar porrada” e “Pedofilia é crime, se pudesse, eu meteria a mão na cara deles”.

Antônia alega que faz uso do seu direito de expressão. “De maneira comedida, apenas lançou mão de algumas perguntas em sua rede social Instagram que tinham como objetivo propor um debate a respeito do tema”. O que será que a justiça vai decidir?

Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do JETSS