Entretenimento, Cultura e Lazer

Fernanda Machado relata perda de útero em parto: ‘Foi necessário para salvar minha vida’

Após um enorme susto durante o parto, Fernanda Machado e o filho Leo Beck passam bem. O filho caçula de Fernanda e do norte-americano Robert Riskin nasceu no último dia 31 de maio com 3,2 kg e 48,5 cm após um parto bastante complicado.

“Foi um parto difícil e, dessa vez, sem meus pais por perto, sem minha sogra e meu sogro para nos apoiar. Mas com a graça de Deus, o susto passou e agora, eu e meu amorzinho estamos bem. Ele chegou numa data especial, dia do aniversário da vovô Becky, que infelizmente não está mais entre nós, mas que, com certeza, se faz presente de outras maneiras… Vovó Nice e Vovô Nando, também se fizeram presentes, mesmo estando no Brasil, orando muito por nós”, escreveu a atriz em seu Instagram.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Leo Beck Riskin ✨ Ontem, 31 de maio de 2020 às 11:30am meu anjinho chegou! Baby Leo chegou cheio de luz pra iluminar nossas vidas, pra nos trazer esperança de um mundo melhor, estamos completamente apaixonados por ele! Foi um parto difícil, com um susto e tanto, e dessa vez, sem meus pais por perto, sem minha sogra e meu sogro por perto, para nos apoiar. Mas com a graça de Deus, o susto passou e agora, eu e meu amorzinho estamos bem. 🙏🏻🙌🏻 Ele chegou numa data especial, no dia do aniversário da vovô Becky, que infelizmente não está mais entre nós, mas que com certeza se faz presente de outras maneiras… Vovó Nice e Vovô Nando, também se fizeram presentes, mesmo estando no Brasil, orando muito por nós. Muito obrigada a todos, ao meu parceiro maravilhoso @riskinrio, que enfrenta todas as dificuldades como uma fortaleza e está sempre me dando forças. Obrigada família, amigos e a todos aqui no insta, muito obrigada pelas orações e pensamentos positivos! #omilagredavida #amorsemfim #gratidao #blessed #grateful

Uma publicação compartilhada por Fernanda Machado (@realfemachado) em

Nesta quarta-feira (03), Fernanda voltou ao Instagram para dar mais detalhes do nascimento do caçula. Morando há seis anos nos Estados Unidos, ela enfrentou não só um parto em meio à pandemia do novo coronavírus, como algumas complicações. Fernanda sofreu um pico de pressão, teve hemorragia e precisou passar por uma transfusão de sangue. Ao final da cesárea, a equipe médica decidiu que era necessário remover o útero da atriz.

“O amor vence tudo! ♥️ Nós conseguimos, eu nem acredito! Passamos pela tempestade, e agora veio a calmaria… Depois de uns meses difíceis de preocupações de como seria parir no meio dessa pandemia, a tristeza que veio com a perda do meu sogro, as incertezas da placenta prévia… Embora eu quisesse muito o parto normal, estou grata pela cesárea existir. Sem esse procedimento, eu e meu bebê estaríamos em grande risco.”, disse.

“Fui para minha cesárea por conta da placenta prévia e logo após o nascimento do Leo tive uma hemorragia, a médica descobriu que minha placenta, além de prévia, era também acreta, ela cresceu colada na parede do útero, e depois de todas as tentativas pra salvar meu útero, perdi muito sangue e a médica me explicou que pra salvar minha vida, ela teria que remover meu útero.”, contou.

 

Ver essa foto no Instagram

 

O amor vence tudo! ♥️ Nós conseguimos, eu nem acredito! Passamos pela tempestade, e agora veio a calmaria… Depois de uns meses difíceis de preocupações de como seria parir no meio dessa pandemia, a tristeza que veio com a perda do meu sogro, as incertezas da placenta prévia… Embora eu quisesse muito o parto normal, estou muito grata pela cesárea existir, sem esse procedimento, eu e meu bebê estaríamos em grande risco. Fui para minha cesárea por conta da placenta prévia e logo após o nascimento do Leo tive uma hemorragia, a médica descobriu que minha placenta além de prévia era também acreta, ela cresceu colada na parede do útero, e depois de todas as tentativas pra salvar meu útero, perdi muito sangue e a médica me explicou que pra salvar minha vida, ela teria que remover meu útero. Chorei muito só de pensar que nunca mais vou ter outro bebezinho crescendo no meu ventre… Mas ao mesmo tempo estou grata demais por ter tido a chance de ter meus 2 tesouros, Lucca e Leo! E principalmente pelo baby Leo ter chegado cheio de saúde, nos abençoando com tanta alegria e amor! Eu serei eternamente grata pela equipe maravilhosa que cuidou de mim no Cottage hospital. Dr. Terbell, minha médica, que mais uma vez fez toda a diferença com sua experiência e sabedoria, Dr. Velásquez que a ajudou no procedimento, Dr. Meghan Wallman que me esclareceu dúvidas num momento de incertezas, o anestesista que cuidou do meu pico de pressão inesperado e da minha transfusão de sangue que se fez necessária. E também todas as enfermeiras maravilhosas que cuidaram de mim com todo carinho. Literalmente devo minha vida à cada um deles. Obrigada Deus, obrigada universo! Obrigada a todos pelas orações e pensamentos positivos, com certeza essas vibrações chegaram até a gente!!!!! #birthinapandemic #grateful #blessed #miracle #love #maternidade #bençao #gratidão #omaioramordomundo #placentaprevia #placentaacreta #histerectomia

Uma publicação compartilhada por Fernanda Machado (@realfemachado) em

No relato, Fernanda diz que sofreu bastante com a decisão tomada às pressas, mas necessária, e que agora está aliviada por ter dado tudo certo e estar com a família completa: “Chorei muito só de pensar que nunca mais vou ter outro bebezinho crescendo no meu ventre… Mas, ao mesmo tempo, estou grata demais por ter tido a chance de ter meus 2 tesouros, Lucca e Leo! E principalmente pelo baby Leo ter chegado cheio de saúde, nos abençoando com tanta alegria e amor!”

“Serei eternamente grata pela equipe maravilhosa que cuidou de mim no Cottage hospital. Dr. Terbell, minha médica, que mais uma vez fez toda diferença com sua experiência e sabedoria, Dr. Velásquez que a ajudou no procedimento, Dr. Meghan Wallman que me esclareceu dúvidas num momento de incertezas, o anestesista que cuidou do meu pico de pressão inesperado e da minha transfusão de sangue que se fez necessária. E também todas as enfermeiras maravilhosas que cuidaram de mim com todo carinho.”