Entretenimento, Cultura e Lazer

20 anos depois: Como está Nina de “Laços de Família”, neta da personagem de Vera Fischer

Aos 2 anos de idade, Júlia Maggessi estreou como atriz e encantou o público na pele da pequena Nina, neta da personagem de Vera Fischer, filha do casal formado por Luigi Baricelli e Regiane Alves em “Laços de Família” (2000).

++ Vera Fischer aparece deslumbrante e dá dicas para chegar aos 67 com tudo

O tempo passou e hoje, aos 22, Júlia segue focada na atuação. Também está fazendo faculdade de Marketing e namora o ator João Pedro Novaes. A trama de Manoel Carlos, que completou 20 anos este mês, voltará a ser exibida no Globoplay.

Júlia disse que as pessoas a reconhecem na rua (Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

Ao Gshow, ela falou sobre a importância desse trabalho na vida e carreira. Sem deixar de comentar os altos e baixos da profissão, também revela que já pensou em desistir e que não se incomoda de ser chamada de ex-atriz mirim: “Tenho muito orgulho da minha jornada.”

“Como uma grande jornada de aprendizados. Parece clichê, e é… Mas hoje não consigo definir de outra forma. Foram muitas fases que me ensinaram não só sobre a carreira, mas sobre a vida também. Sempre que olho pra trás, sinto gratidão e vontade de viver e aprender tudo o que ainda vem pela frente.”, disse.

Sobre as lembranças de “Laços de Família”, Júlia disse que não se lembra de muitas coisas: “São poucas lembranças, eu era muito pequenininha. Lembro o quanto gostava daquilo tudo e de querer sempre estar no set gravando. Tem uma memória, muito louca, de um dia em que eu estava nos corredores procurando o camarim, quando resolvi entrar em uma sala aleatória e pá! Dei de cara com o Tom Cavalcante dando uma entrevista (eu acho). Saí da sala com tanta vergonha… Acabou que ele achou graça, me chamou de volta e eu até participei da gravação (risos).”

“Já tive a oportunidade de rever muita gente do elenco e da equipe. As pessoas lembram de mim com muito carinho, mas é como se a gente estivesse se conhecendo pela primeira vez, já que agora sou adulta. É uma das experiências legais que a carreira proporciona.”, contou.

A atriz disse que pensou em desistir da carreira: “Enfrentei a crise do ‘que eu faço da minha vida?’ no Ensino Médio, às vésperas do Enem, quando me vi pressionada a estudar pesado pra entrar numa faculdade pública, sem saber ao certo o que faria.”

“Por um lado, tinha a preocupação da família por saber que a carreira artística é uma montanha-russa, por outro meu coração implorando pela arte. Cheguei a cogitar alguns cursos como Psicologia e Nutrição até decidir fazer Cinema. No meio dessa confusão toda, não tive nota pra entrar no curso que queria, mas resolvi me matricular em Publicidade na UFF (Universidade Federal Fluminense).”

“Acabou que, no fim do primeiro período, fui escalada pra um trabalho como atriz e tive motivo pra sair do curso. Desde então, muita coisa aconteceu e mudou na minha cabeça. Hoje, paralelamente aos estudos de interpretação, faço faculdade de Marketing com um foco muito claro de que o uso de todo esse conhecimento será empregado na gestão da minha carreira e imagem.”

Não deixe de curtir nossa página  no Facebook  e também no Instagram para mais notícias  do JETSS