Entretenimento, Cultura e Lazer

Leo Dias deixa UOL após ser acusado de intolerância religiosa e de confusão com Anitta

Leo Dias anunciou nesta quinta-feira (21) a tarde que não é mais colunista do UOL. O nome do jornalista se tornou um dos mais comentados ao longo de todo o dia após Leo Dias noticiar que a mãe de Anitta teria saído de casa pelo estilo de vida que a filha leva, e a poderosa vir a público negar, e, posteriormente confirmar a informação. 

Os ânimos entre os dois teriam esquentado, e por meio dos stories do Instagram o jornalista desabafou, e acabou tecendo alguns comentários polêmicos sobre o Candomblé, religião de matriz-africana seguida por Anitta. Na ocasião, o jornalista usou termos como “candomblé do mal” e “candomblé vegano”. 

Nesta quinta, Leo Dias surgiu novamente exaltado em sua conta na rede social por causa de uma reportagem feita pelo portal Universa, do UOL. A reportagem trata das acusações que Leo Dias sofreu na internet por intolerância religiosa e explica por que não existe “candomblé do mal”, termo utilizado por Dias em seus vídeos se referindo a Anitta. 

++ Anitta sobre namorado: ‘Quando acabar a quarentena cada um vai para sua casa’

O jornalista se defendeu das acusações ressaltando que possui familiares que são do Candomblé e que, em sua opinião, existe “Candomblé do mal”. Leo Dias ainda ameaçou de processar o portal, o que causou dúvida em inúmeros de seus seguidores, que não entenderam porque ele diria que processaria o local onde – até então – trabalhava: “Em vez de vocês publicarem essas baboseiras que vocês publicam, deviam ter me ligado! Agora, processar, eu vou processar”. 

Posteriormente, Leo Dias avisou no Twitter sobre o seu desligamento do portal: “Não faço mais parte do portal UOL. Quero agradecer a todos pelo apoio. Novos rumos me aguardam. Fiquem com Deus e uma boa semana”. A informação foi noticiada por Fábia Oliveira, colunista do jornal ‘O Dia’.

https://www.instagram.com/p/CAdiU23Fwdr/

Mais tarde, ele falou sobre a polêmica em relação as acusações de intolerância religiosa em seu Instagram: 

View this post on Instagram

Vocês têm noção de quantas vezes eu já fui a um terreiro? Vocês têm noção de como eu respeito essa religião? Minha tia é mãe de santo (o terreiro era dentro da casa dela, onde eu passava os fins de semana) meu pai é católico e sempre convivi nessa mistura. E aprendi uma coisa: a religião, qualquer uma, pode ser usada para o bem e para o mal. Independentemente de qual seja. Abomino qualquer atitude das igrejas que tentam associar as religiões afro brasileiras a algo do mal. Esse sou eu. Quem me conhece, sabe disso. Já fui a terreiro de Salvador a São Gonçalo. Se quiserem me atacar, procurem outra. Porque o bem e o mal estão em todas as religiões. TODAS. E tenho dito

A post shared by Leo Dias (@leodias) on

Reviravolta

Porém, mais tarde, o tuíte do anuncio foi deletado por Leo Dias. O jornalista deu a entender que embora tenha anunciado a sua saída, permanece no site, quando rebateu Leon Abravanel Jr., que comemorou a suposta saída do apresentador pelo Twitter: “finalmente o UOL se livros das drogas”.

O colunista da Rádio Metrópoles rebateu o comentário de Leon, dando a entender que nada mudou: “Poxa, Leon, acho que seus pensamentos do mal não deram muito certo. Uma pena, né? O drogado continua no UOL. Beijos de luz”.

Tanto é que depois comemorou a audiência de sua coluna no UOL:

Não deixe de curtir nossa página  no Facebook  e também no Instagram para mais notícias do JETSS.