Entretenimento, Cultura e Lazer

Adriane Galisteu faz balanço de carreira e fala de brigas com Silvio Santos

A atriz e apresentadora Adriane Galisteu deu uma entrevista ao Reclame, da Kiss FM, em que contou um pouco sobre como está sua quarentena. No papo, ela também fez um balanço da sua própria carreira e até falou das brigas que teve com o “patrão” Silvio Santos.

++ Pandemia faz Record cancelar programa de Adriane Galisteu e outros realities

“Silvio me ajudou muito, mas a gente quebrava uns paus… A gente brigou profissionalmente, mas aprendi com ele. Nas reuniões, era curioso. Você entra na sala com suas ideias e sai com as dele (risos). Sempre que vou fechar um contrato, me lembro do Silvio”, diz.

Há dois anos, Galisteu fez sua primeira novela na TV Globo interpretando a estilista Zelda em “O Tempo Não Para”. Ela confessou que hesitou em aceitar o papel.

“A Globo já havia me chamado para fazer novelas e eu negava. Minha experiência em novelas tinha sido em Xica da Silva, em 1996, um pouco antes da Manchete fechar. O Avancini estava numa fase difícil, a Manchete sem dinheiro, era um trauma, mas passou”, revelou.

Antes disso, Adriane ficou quatro anos na MTV e comandou o Superpop antes de passar o bastão para Luciana Gimenez. Este ano, por muito pouco, não substituiu Gugu Liberato na Record.

“A MTV foi minha grande escola. Fiquei quatro anos lá. Havia uma baita liberdade e me apaixonei por TV. O Jorge Espírito Santo e a Astrid Fontenelle eram meus chefes! Dá para imaginar o que era aquela época?”, revelou.

Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do JETSS.