Entretenimento, Cultura e Lazer

Ator Carlos Vereza afirma que foi convidado a trabalhar com Regina Duarte

Depois de assumir como secretária de cultura, Regina Duarte começa a montar sua estrutura. E o ator Carlos Vereza pode ser o próximo a fazer parte do governo do presidente eleito Jair Bolsonaro, segundo o jornal O Globo. Ele foi um dos poucos artistas a comparecer na posse da atriz e afirmou que recebeu um convite para ajudá-la na secretaria de cultura, pasta vinculada ao Ministério do Turismo.

++ Regina Duarte assume Secretaria de Cultura nesta quarta-feira

Há alguns meses, o ator ameaçou deixar de apoiar Bolsonaro se a TV Escola acabasse. Ele apresenta o programa “Plano Sequência”, exibido no canal educativo. Vereza ainda não confirmou se aceitou a proposta de Regina, mas afirmou estar considerando:

“Fui convidado. Vou dar uma pensada. Eu não sei para qual cargo, acho que é para falar besteira”, brincou em declaração publicada pelo O Globo. Ele também aposta no sucesso do trabalho da atriz:

“Acredito que, a medida que a Regina vá mostrando trabalho, vá mostrando para que ela veio, acho que esse tipo de oposição vai se dissolvendo, sabe? Se diluindo. Porque a Regina não é uma pessoa belicista, é uma pessoa de paz. Não é possível você brigar com uma pessoa que vem propondo a pacificação, revelou.

Atualmente, Vereza colhe os frutos da repercussão do filme “O Trampo”, que concorreu a melhor filme estrangeiro no Festival Internacional de Madrid. O evento teve apenas oito edições e não figura entre os mais tradicionais da Europa.

Regina é a quarta ocupante do cargo em 14 meses. Sua nomeação foi publicada na edição desta quarta-feira (4) do “Diário Oficial da União”, junto com 12 exonerações de servidores em cargos de chefia como Dante Mantovani, que havia dito que o rock seria um ritmo satânico.

A nova secretária optou pelo funcionário de carreira Marcos Teixeira Campos, há décadas na instituição. Ele foi coordenador da Escola Nacional de Circo e conta com o respeito do setor. “Trabalha aqui há mais tempo do que muitos partidos existem”, explicou uma funcionária da Funarte.

Não deixe de curtir nossa página no Facebooke tambémno Instagrampara mais notícias do JETSS