Entretenimento, Cultura e Lazer

Após polêmica, Bruno Gagliasso comenta tweets antigos: “Passando tudo a limpo”

Após a polêmica envolvendo tweets racistas do youtuber Júlio Cocielo, alguns internautas recuperaram posts considerados homofóbicos feitos por Bruno Gagliasso em 2009.

++ Relembre alguns youtubers que tiveram carreiras abaladas por polêmicas

Na manhã desta quinta-feira (05), através do Twitter, o ator mostrou arrependimento por tudo que escreveu na publicações antigas. “Estou aqui em 2018 respondendo com minhas ações e atitudes por quem já fui também em 2009 e mesmo antes disso. De alguma forma todos estamos. Não é passando o pano no preconceito, mas sim passando tudo a limpo, que o mundo vai se tornar um lugar melhor”, disse.

Entenda o caso:

Na semana passada, Cocielo fez um comentário racista sobre o jogador da França, Kylian Mbappé. Logo depois, muitas pessoas, famosas e anônimas, criticaram o comportamento dele. Tudo piorou quando seguidores encontraram posts preconceituosos datados de 2013. Marcas deixaram de patrociná-lo e, consequentemente, ele perdeu inscritos.

Bruno e a mulher, Giovanna Ewbank, condenaram suas atitudes: “Preconceito não se combate sozinho. Vamos precisar de todo mundo. A mensagem precisa ser clara e direta. Num mundo digital em que seguidor significa dinheiro e carreira, a gente precisa entender a importância do boicote. […] não é um caso isolado. Não foi o primeiro, não será o último. A gente precisa atuar com quem realmente movimenta essa máquina: a audiência. Racismo é um problema de todos nós”.

Mais tarde, o yotuber gravou um pedido de desculpas pela publicação: “Sobre os tweets antigos, tem muitos de quando eu tinha 16 anos de idade. Aquele monte de besteira que eu falei é muito distante de quem eu sou hoje e do tanto que a minha vida evoluiu. O eu de um dia atrás já não é o eu de agora. Não sou uma pessoa que quer espalhar o racismo. Hoje leio aquilo e me sinto envergonhado. Foram coisas absurdas”.

Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do JETSS