Entretenimento, Cultura e Lazer

Rock in Rio é adiado para setembro de 2022

O Rock in Rio 2021, previsto para setembro de 2021, foi adiado para 2022 por conta da pandemia. (Foto: Instagram/ @rockinrio)O Rock in Rio 2021, previsto para setembro de 2021, foi adiado para 2022 por conta da pandemia. (Foto: Instagram/ @rockinrio)
O Rock in Rio 2021, previsto para setembro de 2021, foi adiado para 2022 por conta da pandemia. (Foto: Instagram/ @rockinrio)

O festival Rock in Rio que estava programado para setembro de 2021 foi oficialmente adiado. O evento está previsto para acontecer em setembro de 2022 e, o Rock in Rio Lisboa também foi adiado, desta vez, para junho de 2022.

++ Dia do Rock: Relembre os personagens mais roqueiros das novelas

A organização divulgou a mudança por meio de uma nota oficial na última quinta-feira (04) e afirmou que as vendas do Rock in Rio Card acontecerão ainda em 2021. Sobre as atrações, eles afirmaram que elas estão com “negociações avançadas”.

De acordo com as informações, algumas atrações serão anunciadas ainda neste primeiro semestre. Confira o comunicado oficial da organização do Rock in Rio: 

“O Rock in Rio mobiliza pessoas dentro e fora da Cidade do Rock. Recebemos turistas de absolutamente todos os estados brasileiros, além do Distrito Federal, e também de mais de 70 países. São 28 mil pessoas trabalhando para levar festa e alegria para as 700 mil pessoas que nos visitam. Vamos preservar vidas neste momento. Em setembro de 2022 estaremos juntos de novo e prontos para o melhor Rock in Rio de todos os tempos, quando vamos celebrar a paz e a vida”, afirmou Roberto Medina, idealizador do Rock in Rio, em nota à imprensa.

Rock in Rio Lisboa

No Brasil, a nova remarcação ficou para os dias 2, 3, 4, 8, 9, 10 e 11 de setembro de 2022. Por sua vez, o Rock in Rio Lisboa foi reagendado para 18, 19, 25 e 26 de junho de 2022.

As atrações já estão em fases de negociações avançadas em Portugal. Medina lamentou a nova remarcação, pois o festival já havia sido adiado antes mesmo da pandemia. “Quando voltarmos a abrir as portas da Cidade do Rock, quatro anos terão passado desde a última edição de Lisboa. Mas, se há uma coisa que podemos garantir neste clima de incerteza, é que a espera vai valer a pena”, garantiu o idealizador do festival.

Não deixe de curtir nossa página  no Facebook  e também no Instagram para mais notícias do JETSS.