Entretenimento, Cultura e Lazer

Conheça a rainha de bateria da São Clemente

Para Raphaela Gomes o cargo de rainha de bateria da São Clemente não é só um título ou uma coroa, mas algo de sangue. Ela estreou no cargo com somente quinze anos, ocupando o lugar da prima, Bruna Almeida, que engravidara e decidira abandonar a função para cuidar do filho. Hoje, com 20 anos, o nome de Raphaela já está na boca de cada integrante da escola como a rainha de bateria da escola.

++ Carnaval 2020: Conheça as rainhas de bateria no Rio de Janeiro

Nesta quarta (19), a rainha de bateria chamou atenção para o último ensaio da escola e deixou claro. Está pronta para a Sapucaí.

“Comecei a desfilar com 4 aninhos. E eu vivo 365 dias por ano São Clemente. E ali na Sapucaí, naquele momento, é o dia de representar o que eu vivo o ano inteiro. Costumo falar que eu aprendi muito na prática porque foi tudo muito espontâneo”, revelou ao G1.

A São Clemente levará para a Marquês de Sapucaí no carnaval 2020 mais um enredo crítico. Dessa vez, o tema será “O Conto do Vigário”, do carnavalesco Jorge Silveira. A ideia da escola é reinterpretar a história do Brasil, contando “malandragens e trambiques” famosos desde o período colonial. O samba é assinado pelo humorista Marcelo Adnet, junto com André Carvalho, Pedro Machado, Gustavo Albuquerque, Camila Jorge, Luiz Carlos França, Raphael Candela e Gabriel Machado.

Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do JETSS.