Entretenimento, Cultura e Lazer

23ª Parada LGBTQ+: Relembre os temas de todas as paradas em São Paulo

 

 

Este ano, a 23ª Parada LGBTQ+ terá como tema os 50 anos de Stonewall. Você se lembra do tema das outras 22 paradas?

++ Mês do orgulho LGBTQ+: Conheça os casais da Copa do Mundo de Futebol Feminino

No início, o nome era “Parada Gay“. Sempre buscando visibilidade, com muitos shows e cores, a parada em São Paulo teve início oficialmente em 1997, e aconteceu na Avenida Paulista, local que virou palco das futuras paradas.

Com o tema “Somos muitos, estamos em todas as profissões“, o objetivo da parada era mostrar que a diversidade está em todos os lugares e pedir respeito. Na ocasião, cerca de 2 mil pessoas, puxadas por uma perua Kombi com uma caixa de som em cima, gritavam palavras de ordem: “Somos muitos e estamos em todas as profissões!”.

No ano seguinte, outras 5 mil pessoas somaram-se às que haviam iniciado a manifestação. A partir daí, a cada edição o número quase que dobrava. A Kombi foi substituída por 20 trios elétricos e, uma década depois, 3,5 milhões de pessoas formavam a maior Parada do Orgulho LGBT do mundo.

Mudança de nome da Parada

O nome também mudou. Com o tempo, os organizadores perceberam que precisavam de uma ONG para organizar a atração. Desse modo, surgiu Associação do orgulho GLBT- (APOGLBT-SP) Aqui, já se englobam Gays, Lésbicas, Bissexuais e Transgêneros.

Após temas como a visibilidade lésbica, alterou-se a ordem das siglas e surgiu a sigla LGBT. Essas discussões começaram a ganhar força em 2008.

Atualmente conhecemos a sigla LGBTQ+ que significa Lésbicas, Gays, Bi, Trans, Queer/Questionando, Intersexo, Assexuais/Arromântiques/Agênero, Pan/Poli, e mais.

 

Confira os temas das paradas anteriores, desde a primeira:

  • 1997 – “Somos muitos, estamos em todas as profissões”
  • 1998 – “Quero mostrar meu rosto, eu também pago imposto”
  • 1999 – “Orgulho gay no Brasil, rumo ao ano 2000”
  • 2000 – “Celebrando o Orgulho de Viver a Diversidade”
  • 2001 – “Abraçando a Diversidade”
  • 2002 – “Educando para a Diversidade”
  • 2003 – “Construindo Políticas Homossexuais”
  • 2004 – “Temos Família e Orgulho”
  • 2005 – “Parceria civil, já. Direitos iguais! Nem mais nem menos”
  • 2006 – “Homofobia é Crime! Direitos Sexuais são Direitos Humanos”
  • 2007 – “Por um mundo sem Racismo, Machismo e Homofobia”
  • 2008 – “Homofobia Mata! Por um Estado Laico de Fato”
  • 2009 – “Sem Homofobia, Mais Cidadania – Pela Isonomia dos Direitos!”
  • 2010 – “Vote Contra a Homofobia: Defenda a Cidadania!”
  • 2011 – “Amai-vos uns aos outros: basta de homofobia!”
  • 2012 – “Homofobia tem cura: educação e criminalização”
  • 2013 – “Para o armário nunca mais – União e conscientização na luta contra a homofobia”
  • 2014 – “País vencedor é país sem homolesbostranfobia: chega de mortes! Criminalização já!”
  • 2015 – “Eu nasci assim, eu cresci assim, vou ser sempre assim: respeitem-me”
  • 2016 – “Lei de identidade de gênero, já! – Todas as pessoas juntas contra a Transfobia!”
  • 2017 – “Independente de nossas crenças, nenhuma religião é lei! Todas e todos por um Estado Laico”
  • 2018 – “Poder para LGBTI+, Nosso Voto, Nossa Voz”.

Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do JETSS