More

    De estrategista a racista, Bárbara é eliminada do BBB 22 com forte rejeição

    Data:

    Em seu primeiro paredão, Bárbara Heck não conquistou o público e foi eliminada do BBB 22 (Globo) com alta rejeição nesta terça-feira (15). A modelo saiu com 86,02% dos votos do público e deixou a competição pelo prêmio de R$ 1,5 milhão. Ela ganhou favoritismo no começo do jogo, mas ficou à beira do cancelamento após soltar uma frase racista sobre Douglas Silva. Atrás dela ficou Natália Deodato (9,03%) e Arthur Aguiar (4,95%). 

    A modelo se destacou no início do reality ao romper com o estereótipo de “Barbie” e vencer a primeira prova de resistência da edição. Dupla de Laís Caldas, ela deu um show de controle emocional, motivou a parceira e venceu Lucas Bissoli e Luciano Estevan. 

    A partir de então, a gaúcha só cresceu no jogo. Buscava se posicionar e era uma das poucas a mostrar que estava no jogo realmente em busca do prêmio. Nas festas, ela assumiu logo que era amiga do fim e ficava pouquíssimo tempo nas confraternizações do programa –às vezes até menos de uma hora. 

    Ao longo do programa, o público pôde notar um comportamento estranho de Bárbara com a alimentação. Ela fazia jejum durante muitas horas, comia pouco ou nada e sempre se punia após comer e beber bastante nas festas. Apesar dos questionamentos sobre um suposto transtorno alimentar, a equipe da gaúcha afirmou que ela é saudável. 

    ++ Naiara Azevedo apoia Maria após expulsão do BBB 22: “Não ao cancelamento”

    A modelo venceu a terceira Prova do Anjo e deu o colar da imunidade para Laís, castigando Douglas Silva e Pedro Scooby com o monstro. Foi o pior castigo da temporada até agora. 

    Bárbara começou a descer a ladeira quando ela e Laís se uniram a Jade Picon. A modelo saiu da Xepa, ganhou o VIP, passou a ser uma das prioridades da milionária e ganhou muito poder, mesmo sem ser líder. Aos poucos, a aliança da loira com Jade fez com que a visão do público sobre ela mudasse. De ponderada, passou a ser vista como manipuladora. 

    Bárbara perdeu ainda mais pontos com os telespectadores ao quase declarar que Douglas fez o “samba do crioulo doido”, uma expressão racista, que é o título de uma música também preconceituosa. A pior parte foi que ela mesma confessou que a frase era racista e quase soltou por “força do hábito”. 

    Não deixe de curtir nossa página   no  Facebook  e também  no  Instagram  para mais  notícias  do JETSS. 

    Mais Recentes