Entretenimento, Cultura e Lazer

Gilberto fala sobre sua relação com Juliette: “Viemos de uma realidade de muito preconceito”

Gilberto Nogueira foi eliminado no último paredão do BBB21, no domingo (02). No entanto, o pernambucano ganhou o coração do público devido ao seu carisma, sua inteligência e sua humildade.

Recém-eliminado, o ex-brother participou de alguns programas da grade da TV Globo, como o “Mais Você” e o “Plantão BBB”. Em entrevista, ele falou sobre sua amizade com Fiuk e Juliette.

“A Ju é uma querida, uma pessoa sensacional de quem eu gosto muito. A gente teve, sim, nossas situações. Eu sou aquela pessoa que pensa uma coisa, surta, cria ideias. Desde o primeiro dia, eu disse isso, que desde criança eu crio coisas na minha cabeça”, admitiu o economista.

O ex-BBB falou sobre a questão da xenofobia que ele e Juliette sofrem por serem naturais do Nordeste: “A gente que vem de uma realidade mais dura, de muito preconceito, aprende a desconfiar das pessoas porque o tempo inteiro vê isso. Eu chegava em um lugar, olhava para o lado e via um olhar diferente. Talvez nem todos os momentos que eu percebi havia um preconceito contra mim, mas era a única coisa que eu conseguia enxergar”.

++ ‘Ouvi algumas coisas que me chocaram’, diz Gilberto sobre affair com Lucas

“A minha vida por muito tempo era enxergar preconceito e maldade – aquilo me blindava. Quando eu entrei no ‘BBB’, a Ju era muito idêntica a mim e isso foi maravilhoso. Quando a gente se conectou, eu não conseguia ver nada de ruim nela, mas, em algum momento no jogo, eu comecei a ver muita coisa de muita gente”, continuou.

Gilberto, então, admitiu que foi influenciado por outras pessoas durante a sua estadia na casa mais vigiada do país. “Fiquei surpreso e comecei a desconfiar, sim, da casa toda. Eu comecei a ver que ela tinha muitas características do Nordeste e era algo que me tocava muito. As pessoas me falavam que ela poderia estar usando isso porque sabia que era meu ponto fraco”, explicou.

Contudo, o doutorando em Economia admitiu seu erro: “Aí eu já começava a criar coisas na minha cabeça e tudo mais. Eu não me isento do meu julgamento com a Ju, mas tem toda uma questão por trás. Graças a Deus eu consegui pedir desculpas, me resolver com ela e seguir o meu jogo. Espero que sejamos amigos aqui fora”.

Gilberto também relembrou a amizade com Fiuk. “É tudo muito intenso, muito louco. Agora eu quero a amizade dele; lá dentro eu queria o corpo dele nu (risos). Aí a gente confunde isso com paixão. Não vou mentir para o Brasil que a verdade é essa”, finalizou.

Não deixe de curtir nossa página  no Facebook  e também no Instagram para mais notícias do JETSS.