Entretenimento, Cultura e Lazer

BBB 20: Comissária de bordo acusa, em vídeo, ter sido chantageada por Pyong

A comissária de bordo Débora Welker utilizou as suas redes sociais para comentar um episódio que viveu com Pyong Lee, após a repercussão das acusações de assédio que o brother viveu no último fim de semana.

Após o suposto assédio do coreano, surgiram diversos rumores de que o brother poderia ter um passado comprometedor, porém, não surgiram provas contundentes. Dentre os rumores que surgiram foi o de que o brother teria chantageado Welker, brasileira que hoje vive em Dubai.

Por meio de seu Instagram, Débora diz que conheceu o brother em uma festa, e que naquele momento os dois ficaram.  A comissária de bordo afirma ainda que o brother teria dito que buscava um relacionamento sério e era solteiro na época, porém, quando os dois começaram a se relacionar, o hipnólogo teria revelado que namorava, o que revoltou a comissária. As supostas chantagens teriam começado quando Débora conheceu um amigo de Pyong.

“Eu falei: O que? Por que você não me falou isso antes? [sobre ele ter revelado que namorava] Aí ele: Mas a gente vai continuar ficando. […] Enfim, não fiquei mais com ele. Passou uns dois meses e eu fui numa festa, conheci outro menino e a gente ficou. E ele me disse que estava com um amigo. Quem era? Sim, ele [Pyong]. A gente fingiu que não se conhecia e ele esperou o menino ir no banheiro. Pedi a ele para não contar para o amigo que a gente já tinha ficado, já que não tinha sido nada demais. Ai ele: ‘É, eu não vou falar, mas você vai ter que continuar ficando comigo’. Ele me chantageou para eu continuar saindo com ele”, acusou Débora numa série de vídeos publicados em seu perfil.

Ainda na publicação, a comissária salientou que “Ele não é uma pessoa sem caráter só para relacionamento e traição. Ele é uma pessoa extremamente arrogante, que humilha os outros. Sabe aquele tipo de pessoa que trata o garçom mal? Ele é mentiroso, falso. Só que ele é inteligente, então é extremamente manipulador. É um ator nato. Não tem caráter. Humilha as pessoas, arrogante. Se acha porque tem dinheiro. Se acha o “famosão”. É insuportável”.

++ Sem repetir “proteção” a Petrix, BBB mostra advertência da produção em Pyong

A assessoria de imprensa do hipnólogo foi procurada pela Coluna do Leo Dias, que revelou ao portal que desde os acontecimentos da última festa do BBB, Pyong vem sendo atacado, e que pelos acontecimentos dentro do programa o brother já havia se desculpado.

Nas mensagens enviada para a coluna, a assessoria do confinado ainda ressalta que “por estar confinado no BBB20, [Pyong] infelizmente não pode se defender pessoalmente. O que facilita o surgimento de acusações e acusadores. Principalmente por ser um programa de muita audiência”.

Sobre as questões apontadas por Débora, a assessoria ressaltou que Pyong já é uma figura público há alguns anos, e que pelo que a moça disse o fato teria acontecido há quatro anos, mas que até agora nunca havia dito nada sobre isso:  “Lamentavelmente, o Pyong só poderá se manifestar sobre quando sair da casa do BBB. O que a gente espera que seja só após a final.”

Ao procurar por Débora, a Coluna do Leo Dias obteve informações de que após as suas revelações, diversas mulheres a procuraram para relatar histórias semelhantes: “Ou seja, ele sempre trai as namoradas. A segunda menina que me mandou acabou indo até a casa dele e ele a tratou muito mal. Resumindo, ele trata as mulheres como lixo, como ninguém”, acusou a comissária.

Não deixe de curtir nossa página no Facebooke tambémno Instagrampara mais notícias do JETSS