More

    Governo federal anuncia investimento de R$ 1,6 bilhão no setor audiovisual

    Data:

    O governo federal anunciou hoje (19) um investimento de R$ 1,6 bilhão no setor audiovisual, focado na produção de filmes e séries nacionais. O anúncio ocorreu durante um evento no Rio de Janeiro, em comemoração ao Dia Nacional do Cinema, que marca as primeiras imagens cinematográficas registradas no Brasil em 19 de junho de 1898 pelo cineasta Afonso Segreto.

    ++Bolsa Família: Inundações no RS expõe abismo social e econômico do Estado

    Durante a cerimônia, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva assinou o decreto regulamentando a cota de tela em cinemas, conforme a Lei 14.814/2024. Essa lei, sancionada em janeiro, exige que salas de cinema exibam uma proporção mínima de obras cinematográficas brasileiras até 31 de dezembro de 2033, com a fiscalização a cargo da Agência Nacional do Cinema (Ancine).

    ++Ministro do Turismo Celso Sabino apoia alguns pontos da PEC das Praias

    Lula também destacou a importância de regulamentar o setor de streaming, uma discussão em andamento no Congresso, para garantir a taxação das plataformas digitais e a valorização das produções nacionais. Ele ressaltou que a cultura é fundamental para a soberania e a identidade do país, afirmando: “Um país que não tem cultura, que não investe nela, o povo não é povo, é massa de manobra.”

    Além disso, o presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Aloizio Mercadante, anunciou uma nova linha de crédito para a indústria audiovisual, o BNDES FSA Audiovisual, desenvolvido em conjunto com o Ministério da Cultura e a Ancine. Com um orçamento inicial de R$ 400 milhões do Fundo Setorial do Audiovisual, a linha visa apoiar projetos de grande porte com um custo mínimo de R$ 10 milhões. Projetos menores terão apoio do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE).

    Mercadante destacou que o objetivo é resolver os principais gargalos de produção e exibição, como infraestrutura, inovação e acessibilidade, afirmando: “Vamos levantar o cinema brasileiro. Garantir tela para quem produz a alma e a história do povo brasileiro.”

    Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do Jetss

    Mais Recentes