Entretenimento, Cultura e Lazer

Pesquisa revela as melhores empresas para as mulheres trabalharem no Brasil

 

 

A 2ª edição do GPTW Mulher, uma iniciativa da consultoria GPTW (Great Place to Work), divulgada nesta terça-feira (27), revelou as 40 empresas, de grande e médio porte, consideradas as melhores para as mulheres trabalharem no Brasil. Em resumo são as que possuem boas práticas e estimulam a liderança feminina.

Foram inscritas, na 2ª edição do ranking, 300 companhias, somando ao todo 1.173.517 funcionários. Para participar, a empresava deveria ter, no mínimo, 100 funcionários, em um quadro com pelo menos 15% de mulheres funcionárias e 15% de mulheres nos cargos de gestão. Além disso, um questionário de boas práticas, respondido apenas pelas funcionárias mulheres, foi aplicado em todas as empresas, sendo que a nota precisava atingir 70% ou mais.

++ Os cursos superiores preferidos pelas mulheres e pelos homens

Os critérios para a avaliações são: o ambiente de trabalho, promoções, participação na tomada de decisões até rotatividade voluntária. As premiadas possuem mais de 40 anos de existência. Delas, 39 são privadas e uma é cooperativa. O setor predominante na lista é o financeiro, com oito empresas, seguido pelo de biotecnologia e farmacêutico, com seis empresas. Um quarto das vencedoras tem CEOs mulheres. Segundo o GPTW, as empresas lideradas por mulheres tiveram aumento de 11,40% no faturamento.

Considerando as empresas de médio porte, com até 1000 funcionários, as cinco vencedoras neste ano foram: Ford (1º), Pandora (2º), Aspen (3º), Mastercard (4º) e Bristol-Myers (5º). Confira, na galeria de fotos, as 15 empresas grandes que apareceram nas primeiras posições do ranking do GPTW.

Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do JETSS