Chinês envia artigo avaliado em R$ 3,1 milhões pelo correio e se arrepende profundamente

  • A peça que foi quebrada (Foto: Divulgação)

  • A peça que foi quebrada (Foto: Divulgação)

  • A peça que foi quebrada (Foto: Divulgação)

A peça que foi quebrada (Foto: Divulgação)

Um homem morador do sul da China não ficou nada preocupado em enviar, pelo correio, um vaso de bronze avaliado em 6,8 milhões de yuans (algo como R$ 3,1 milhões).

Segundo o “Mashable”, o homem de Tunan enviou a relíquia a um comprador de Shenzhen e empacotou o item frágil em plástico bolha para enviá-lo. Ao chegar ao local, a peça foi encontrada em pedaços.

++ Norte-americana é presa após chamar a polícia para incriminar marido que não quis dividir sorvete com ela

Acredita-se que o vaso tenha 3 mil anos de idade e seja proveniente do período Zhou Ocidental. Com a quebra da peça, a empresa de entrega afirmou que vai indenizar o chinês com 30 mil yuans (algo como R$ 13,6 mil) a título de seguro.

Os internautas do site Weibo (uma espécie de Twitter chinês) criticaram o vendedor. “Por que você não entregou pessoalmente o vaso?”, questionou um. “Estou sem palavras, você enviou uma coisa tão inestimável por entrega expressa”, irritou-se outro.

Outros culparam o serviço de correio. “Como você consegue esmagar algo feito de bronze? Não é porcelana!”, perguntou um. “Correio quebra tudo que é comprado on-line”, constatou outro.

Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do JETSS


Tags assigned to this article:
Viral





Últimas notícias